06 de Julho de 2020,

Polícia

A | A

Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h:00 | Atualizado:

OPERAÇÃO NASCOSTO

PF prende assassinos de personal por envolvimento com facções


Da Redação

guilherme-walisson.jpg

 

Guilherme Dias de Miranda, 35, e Walisson Magno de Almeida, 27, acusados de assassinar o personal trainner Danilo Campos, em novembro de 2017, são alvos da "Operação Nascosto", da Polícia Federal de Sorocaba (SP), deflagrada na manhã desta quarta-feira (21). 

Eles são suspeitos de lavagem de dinheiro  e envolvimento com facções criminosas, como Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC).

De acordo do PF de Mato Grosso, aqui na capital são 10 mandados de busca e apreensão e quatro de prisões temporárias. Um dos mandados seria contra a esposa Walisson.

A Operação Nascosto é contra lideres de facções criminosas que atua dentro e fora de presídios no Brasil.

Guilherme e Walisson já estão presos desde dia 9 de março pela morte de Danilo Campos. O crime teria sido motivado pelo ciúme que Guilherme sentia da esposa, com quem Danilo teria um relacionamento amoroso.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS