26 de Janeiro de 2020,

Polícia

A | A

Sábado, 06 de Setembro de 2014, 11h:22 | Atualizado:

NA MATA

Polícia desiste de caça a assaltantes no Norte de MT


LUCAS

Expresso MT

lucas-perseguicao

 

As buscas pelos assaltantes que fizeram duas pessoas reféns por mais de 10 horas nesta quinta-feira (4), no município de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá), foram encerradas no final da tarde desta sexta-feira (5). Segundo o delegado que comandou a operação desde a fuga dos bandidos, foram realizadas buscas terrestres e área em toda a Reserva Florestal, local onde os bandidos estavam escondidos, mais ainda assim os acusados não foram localizados.

Os bandidos chegaram a levar uma quantia considerável de dinheiro durante o assalto. Todos os reféns passam bem.

O assalto aconteceu em uma distribuidora de bebidas na região central da cidade. Dois homens em uma motocicleta fortemente armados renderam quatro funcionários.

Eles pegaram todo o dinheiro que havia no caixa e também os celulares das vítimas. Já do lado de fora os assaltantes perceberam a chegada da Polícia Militar e retornaram para o interior do estabelecimento, quando usando o veículo de uma das vitimas, levaram duas delas como reféns.

Os dois assaltantes entraram com as vítimas na Reserva Florestal. Após um período de aproximadamente 10h os reféns foram liberados e os bandidos continuaram foragidos.

Segundo o Delegado de polícia Civil Rafael Mendes, as buscas foram intensificadas durante toda a noite e a madrugada, porém os bandidos não foram capturados. Participaram das buscas as equipes das Polícias Militar e Civil, Força Tática e ainda o helicóptero da PM. “Mobilizamos todo o efetivo da segurança pública do município na tentativa de capturar os foragidos, mas infelizmente não obtivemos êxito. Acreditamos que eles possam ter conseguido sair de dentro da mata durante a madrugada, período em que esse tipo de localização se torna ainda mais complicada”. Câmeras de circuito de segurança capturaram imagens da ação. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS