15 de Agosto de 2020,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 16h:58 | Atualizado:

MISTÉRIO

Polícia procura companheiro de médica que sumiu em Cuiabá


Gazeta Digital

medica.jpg

 

Após a denúncia do desaparecimento da médica Midian Batisti, 32, a Polícia Civil tenta localizar o suposto companheiro, com quem a mulher estaria se relacionando.

No boletim de ocorrências, consta que a vítima fez o último contato com a família no dia 6 de janeiro. A denúncia foi registrada no dia 10 de janeiro, pelo irmão Jhonatan Batisti.

Segundo ele, Midian nunca havia deixado de manter contato com a família. Natural de Tangará da Serra (239 km a noroeste de Cuiabá), a médica saiu da cidade em dezembro para procurar emprego na Capital. 

Aos policiais, Jhonatan relatou que a irmã estaria vivendo com um rapaz.

“O comunicante declara que é a primeira vez que sua irmã desaparece, que ela veio para Cuiabá para tentar arrumar um emprego e que esta é formada em Medicina. Relata que ela veio para Cuiabá com uma determinada quantia de dinheiro”, diz trecho do boletim.

Ao Gazeta Digital um investigador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP), onde o caso é investigado, disse que os trabalhos estão no encalce da localização do homem com quem Midian estaria se relacionando.

“Estamos confirmando as informações repassadas para a polícia e em busca de pistas que levem ao paradeiro de Midian, inclusive, estamos tentando identificar esse suspeito, com quem a vítima estaria morando”, disse.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Midian pode ser informada para a Polícia Civil nos telefones (65) 3901-4823 ou (65) 9 9982-7766.



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS