05 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 10h:35 | Atualizado:

FIM DA NOVELA

Após 3 anos, CPI que investiga prefeito terminará com 2 relatórios em Cuiabá

Toninho vai propor inocência de Emanuel; já Joelson apontará culpa

silviocorrea-cpidopaleto-folhamax.jpg

 

Após quase três anos de idas e vindas na Câmara de Cuiabá, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga o prefeito Emanuel Pinheiro por suposta quebra de decoro e obstrução de justiça, entra na sua reta final e o relatório será entregue nesta sexta-feira (10.07), quando se encerra oficialmente o prazo de 120 dias de trabalho da comissão. Na ocasião, o vereador Toninho de Souza (PSD), relator da comissão, vai apresentar o relatório final aos demais membros: vereadores Marcelo Bussiki (DEM), presidente e propositor da CPI do Paletó no ano de 2017, e Sargento Joelson (SD).

O relatório pode ou não apontar pela responsabilização de Emanuel Pinheiro, flagrado em vídeo recebendo maços de dinheiro e os colocando no paletó na época em que era deputado estadual. Em caso de responsabilização, o relatório pode sugerir o afastamento do prefeito e a abertura de uma Comissão Processante no Legislativo, que pode cassar o mandato de Emanuel.

De acordo com o vereador Marcelo Bussiki, o relatório final deve considerar todos os documentos recebidos ao longo do trabalho da CPI, inclusive o vídeo do paletó, bem como as oitivas já realizadas.  Foram ouvidos o ex-governador Silval Barbosa, seu ex-chefe de gabinete, Sílvio Corrêa, o ex-deputado José Riva, o servidor Valdecir Cardoso e o perito judicial Alexandre Perez.

Já o irmão do prefeito, Marco Polo Pinheiro, conhecido como Popó, chegou a ser convocado para depor à comissão, pois Emanuel alegou que o dinheiro recebido era para pagamento de dívidas do irmão. No entanto, Popó se negou a comparecer sob o argumento de que um irmão não poderia depor contra outro. “Esperamos que o relatório considere o que o ex-governador Silval Barbosa afirmou e o que Silvio Corrêa confirmou, de que se tratava de dinheiro de propina que Emanuel Pinheiro recebeu para apoiar os projetos do Executivo quando era deputado. Isso é um fato comprovado em vídeo, respaldado pela fala de duas pessoas chaves no referido esquema e que, oficialmente e diante dessa CPI, não foi negado pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Não há como esse relatório seguir por outro caminho senão esse, que é claro para todos os cuiabanos”, disse Bussiki.

Apesar disso, os vereadores Bussiki e Joelson estão elaborando um relatório paralelo em conjunto, a fim de demonstrar que o prefeito Emanuel Pinheiro cometeu infrações político-administrativo, além de comprovar que ele atuou de modo incompatível com a dignidade do cargo que ocupa. “Independente do trabalho executado pelo vereador Toninho de Souza, resolvemos fazer nosso relatório paralelo para assegurar que todos os pontos da CPI não ficarão de fora do relatório. Caso o relatório apresentado por Toninho seja elaborado desta maneira, nem apresentamos nosso documento. Mas não podemos, depois de tantos anos de trabalho, correr o risco de ficar à mercê de um relatório incompleto”, afirmou Bussiki.

Neste caso, os dois relatórios serão colocados à votação dos três membros da CPI ainda na sexta-feira e aquele que for aprovado por maioria será encaminhado ao presidente da Câmara, vereador Misael Galvão, que deve colocar à votação dos demais parlamentares em sessão plenária. “Essa votação no plenário pode culminar em um pedido de abertura de uma comissão processante para afastar Emanuel Pinheiro. Talvez possa parecer que este não é o momento para esse tipo de discussão, em razão da pandemia, mas entendo que se nos omitirmos agora estaremos apoiando a corrupção na sua forma mais cruel: a que acontece diante de nossos olhos”, encerrou Bussiki.

 



Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • samirkhaled | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 12h39
    3
    2

    esse Toninho de souza é um eterno BATE PAU do sistema. Não tinha nada quando morava no araés, usou da prerrogativa de trabalhar na tv para dar condição financeira as suas ambições. É um ladravaz igual aos outros dessa camara. espero que a população veja isso e não o releja na próxima eleição.

  • Reflexão | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 11h40
    3
    0

    Simplesmente ridícula essa CPI, ela simplesmente não tem validade (nem jurídica e nem politica), mais os vereadores da Base do Prefeito e até mesmo o Prefeito não foram capaz de recorrer com competência (foram todos incompetentes). Esta CPI simplesmente é pura inveja do cara que esta como Prefeito. Não quero inocentar e nem mesmo julgar o Prefeito (contra imagens não há provas), porém quem tem que fazer este julgamento é a Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grosso, e outro ponto importante é o seguinte: por que é que não julgam os demais Deputados, isso chega a ser nojento e a população da mesma forma se aliena as demagogias propostas por pessoas que só querem o poder, ou acham que o grupo opositor do Prefeito esta fazendo isso por amor a Cuiabá ?? Pelo amor de Deus, vamos estudar politica antes de falar dela. Por fim, vale lembrar da época da cassação do vereador Abílio, disseram que quem foi nas manifestações e carreata em prol do vereador, foi a sociedade de bem, eleitores que querem a mudança; mas ai eu pergunto aos nobres amigos, quer dizer que o bem é só a volta do Abílio a câmara e cassar o Prefeito de qualquer maneira ? e os outros Deputados não ? cade as manifestações na Assembléia em prol de uma investigação e apuração ampla dos fatos ? fica a pergunta !

  • ANA PAULA | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 11h16
    9
    2

    Toninho de Souza pau mandado, lambe botas do prefeito, vai puxar saco muito mais, querer inocentar o ladrão que as provas toda população viu.FORA LADRÃO DE DINHEIRO PUBLICO.

  • JULIA | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 10h46
    9
    2

    depois o toninho vem gravando videos reclamando da situaçao caotica de cuiabá QUE ELE MESMO ESTÁ OFERECENDO A CIDADE. LAMBE BOTAS DO PREFEITO

  • LUIZAO | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 10h45
    9
    2

    TONINHO PAU MANDADO, OQUE É SEU ESTÁ GUARDADO!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS