06 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 22h:00 | Atualizado:

GRAMPOS SEM FIM

Conselho contraria MPE e mantém prisão domiciliar de dois coroneis da PM

Ronelson Barros e Alexandre Lesco são suspeitos de participar de esquema


Da Redação

lesco-ronelson.jpg

 

Por 3 votos a 2, o conselho de militares que analisa o caso dos grampos ilegais no Estado manteve as prisões domiciliares com monitoramento eletrônico dos coronéis Evandro Alexandre Ferraz Lesco e Ronelson Barros. Ambos são acusados de participação no esquema dos grampos ilegais no Estado.

A decisão do conselho contraria parecer do Ministério Público Estadual, que defendeu a revogação da prisão domiciliar, mantendo o uso de tornozeleira e outras medidas cautelares. As defesas defenderam a revogação das duas cautelares impostas aos coronéis em agosto do ano passado pelo desembargador Orlando de Almeida Perri.

Durante audiência realizada nesta sexta-feira, o cabo Euclides Torezan informou que foi orientado por Lesco a procurar Zaqueu Barbosa, então comandante da PM, para lhe passar uma missão. Os serviços consistiam exatamente em respaldar tecnicamente o grupo suspeito de grampos ilegais no Estado.

Além dessa questão, pesa contra Lesco a acusação de obstrução a Justiça. Ele foi preso em setembro de 2017 acusado de elaborar um plano contra o desembargador Orlando Perri com objetivo de levantar sua suspeição. 

Já Ronelson também foi citado por Torezan. Segundo o cabo, em encontro realizado no estacionamento da Casa Militar, onde Barros era secetário adjunto de Lesco, foi orientado a procurar o cabo Gerson Luiz Correa Junior para combinarem depoimento no Inquérito Policial Militar relativo aos grampos.

PRISÕES

Nesta sexta-feira, o conselho formado por 4 coroneis e pelo juiz Murilo Mesquita Moura decidiu por converter a prisão preventiva do coronel Zaqueu Barbosa em domiciliar. Já a prisão de Gerson Correa foi mantida.

Dos cinco votos, quatro foram por conceder o benefício a Zaqueu. Apenas o juiz foi favorável a manutenção de sua prisão.

Para os coroneis, ficou nítido que, apesar de patente muito inferior, é Gerson quem tomava as principais decisões sobre o esquema, superiores até de que Zaqueu Barbosa, suposto líder. "Acho que a participação dele é bem superior a do Zaqueu", disse um dos membros do conselho.

Já a manutenção da prisão de Gerson ocorreu por unanimidade. Ele estuda um acordo de colaboração premiada.

 

 



Postar um novo comentário

Comentários (37)

  • Só iva | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 09h36
    1
    0

    Misericórdia, ja não basta o rastro de destruição deixado, não contente com correa fudido, esse casal ainda meteu o pobre do sagt soler em enrascada com essa historia de câmera. Ainda vem aqui falar de uma pessoa que foi presa injustamentamente. Ja estou chegando a conclusão que esse casal é do mal mesmo, por isso que todo mundo quer distância deles.

  • James | Terça-Feira, 13 de Fevereiro de 2018, 23h02
    2
    0

    Sinceramente, pareceu que o juiz não esteve presente na audiência, ou ja levou uma decisão pronta. Os únicos que prestaram atenção na audiência foi o promotor, Cel Barbosa e Cel Monteiro.

  • O incrivel Cabo | Domingo, 11 de Fevereiro de 2018, 15h46
    2
    0

    Alencar, meu cumpadre, O cabo está preso porque é fodao. Disse que ia arregaçar o promotor. Disse que ia matar Torezan. Quem f... com a vida dele pra ele não sair foi um amigo dele mesmo, que falou que tinha medo dele porque contou que o fofoqueiro fofocávamos das pessoas que ouvia. Outra coisa, meu bom: quem grampeou os colegas de GAECO? Quem grampeou quem devia dinheiro pra ele? O cara não é o fodao? Não mata e arregaça? Isto, meu filho, é a razão de estar preso. É só por isso. Se você estivesse nos depoimentos ia entender e não ia falar merda.

  • Alfredo | Domingo, 11 de Fevereiro de 2018, 13h55
    2
    1

    Deus proteja Cel Barros de todo mal, ele é cara decente, sempre foi correto, de família discreta, dígna. Que Deus conforte toda sua família e os fortaleça para passarem por esse pesadelo.

  • Silva | Domingo, 11 de Fevereiro de 2018, 08h12
    2
    1

    Luiz, você não sabe do que está falando.

  • Silva | Domingo, 11 de Fevereiro de 2018, 08h09
    2
    1

    Luiz, você não sabe do que está falando.

  • Otávio | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 19h44
    4
    7

    Indignado estamos nós, sou advogado imparcial,Do interior de MT e acompanho esse caso desde o início. Como ainda mencionam a esposa do cel? Ela já foi humilhada, devastada, torturada,e vocês ainda falam dessa senhora? Única algemada, exposta,jogada às maiores humilhações desse caso. Sei não... Acredito que mereceria um mínimo de compaixão

  • Jesuíno | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 17h42
    5
    2

    Para os desavisados e desavisadas que acham que Cel Barros perdeu o benefício pq seu colega de turma pediu extensão do benefício... Sou advogado e li a decisão. O Juiz deixou muito claro pq não poria o cel Barros em liberdade. E nada tem a ver com o colega. Aliás, o colega dele é acusado de 1 crime;Cel Barros,3 crimes. Então seria mais fácil Barros prejudicar o colega do que o contrário.

  • Índio | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 15h16
    4
    4

    Tem gente aqui que não viu a decisão de o por que que Cel Barros não ganhou a liberdade. Fia,pede pro advogado te explicar... Fica destilando seu veneno não. Reza!

  • Souza | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 15h13
    9
    2

    Para SILVA, acorda! Bela adormecida, Barros não é bobó não. Bem grandinho para resolver a vida dele.

  • Luiz | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 14h59
    8
    3

    Para Sacanagem, coitado do cel Barros né? Nunca tomou nenhuma decisão sozinho na vida,sempre manipulado pelos coleguinhas dele. Como pode ter chegado a Coronel? Vamos parar com essa vitimização! Tudo homem velho, tudo barbado... Ninguém obrigou ninguém a nada! Agora é suportar as consequências de suas escolhas.

  • Sacanagem | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 13h14
    4
    7

    Uma pena, o Cel Barros ja tinha até parecer favorável à revogação das medidas dele mas, infelizmente o Lesco cresceu o olho na hora que viu o parecer do MP e pediu a revogação das medidas dele também, oralmente, o que prejudicou imensamente o Cel Barros. Cruz credo que encosto, com umigo desses quem precisa de inimigo, ja não basta o cara estar nessa enrascada pelo simples fato de ser amigo e trabalhar perto do cara.

  • SARAIVA | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 13h06
    4
    4

    Vão Todos tomat no olho do CU.

  • Pagador de impostos | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 12h59
    2
    8

    Só comentário de povo recalcado fofoqueiro

  • Dornele$ | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 12h45
    11
    2

    Só mesmo neste (des) governo traques, para um cabinho mandar em coronel. Pra quem conhece bem Zaqueu, sabe que isso é uma tremenda mentira. Esse quarteto fantástico, bem que podia inventar uma mentira melhor!

  • Alencar | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 12h28
    13
    2

    Querem colocar toda responsabilidade no Cabo. Gente, Coronel, Comandante Geral manda no que??? Absurdo esse Corporativismo. Então, porque os coronéis não tomaram medidas administrativas contra o cabo. Acham que a população é otário.

  • Alencar | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 12h25
    7
    0

    Querem colocar toda responsabilidade no Cabo. Gente, Coronel, Comandante Geral manda no que??? Absurdo esse Corporativismo. Então, porque os coronéis não tomaram medidas administrativas contra o cabo. Acham que a população é otário.

  • Cuiabano | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 11h09
    11
    1

    Esse Cabo vai pagar por todos! é sempre assim a corda arrebenta pro lado mais fraco, só bobo acredita que um subordinado iria fazer uma coisa grande dessa semana conhecimento e mando de seus superiores, e praça julgados por oficiais toma até encostar, o que não acontece com oficiais corporativismo.

  • Faltou estudar | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 10h26
    3
    7

    Muita burrice nesses comentários. Volta para as aulinhas de interpretação de texto cambada de burros. O MP ia deixar só de tornozeleira, sem prisão domiciliar. Os coronéis mantiveram a domiciliar.

  • Tadebrinqueichon? | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 10h22
    5
    2

    Sociedade, deixa eu perguntar uma coisa? Você tem fixação pelo Cel. É doença ou é amor? O Cel brinca com todo mundo, humilde. Foi o comando que mais respeitou praça. Eu to apostando que é amor platonico, seu CP!

  • Caio Oliveira | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 09h27
    7
    4

    Coronéis 32 mil mensais, vão aposentarem, soltos. Cabo baba ovo, 7 mil mensais, preso, vai perder o cargo e continuar preso. Regra processual, iniciou processo preso, termina preso. Fica o alerta aos praças puxa saci: Minha vó já dizia, a corda arrebenta do lado mais fraco.

  • Monteiro | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 08h59
    7
    3

    Se não prender o mandante, autor intelectual e beneficiário do esquema criminoso, não justifica manter os militares presos,o cabo é o mais fraco da organização...

  • Kiko | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 08h48
    6
    2

    Mpe? Pedindo p soltar? Nossa malvadeza manda mesmi. Meu Deus!!

  • Nota de repúdio | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 08h45
    5
    4

    Nós como cidadãos mato grosenses estamos profundamente envergonhados com essa determinação judicial a favor apenas de uma das partes!!! É de dar nojo ver isso, é dizer para a sociedade que o trabalho do MPE não vale de nada , é desfazer o que havia sido construído, é dizer ao MPE: "olha na primeira oportunidade iremos acabar com essa palhaçada de vcs MPE!! É dizer para as instituições, olha a partir de hoje fazer escutas tá liberado, o máximo que vai acontecer é uma prisão domiciliar, pois a "pena da moda", agora ficar preso em casa!! Sinceramente, isso é de desanimar qualquer cidadão de bem que paga seus impostos e acredita no futuro melhor!! Depois dessa quem arrisca dizer que a justiça é imparcial? Só a título de esclarecimento deixo claro que defendo um surtado ditado , "pau que bate em Chico, bate em Francisco". Será que existe alguém de braço forte e pulso firme, de honra e caráter ilibado pra mudar isso ?? Enfim, na condição de cidadão mato grosense, me sinto no direito de repudiar veementemente essa postura do judiciário! Considera-se assim, como uma nota de repúdio, assinada por todos cidadãos que se sentirão indignados com essa vergonha !!!!

  • Zé urubu | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 08h28
    7
    2

    Esse gersom; deve ser um medroso

  • Carol | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 08h01
    9
    3

    Povo burro pra carai. O MP ia afrouxar. Os coronéis seguraram.

  • Marcos | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 07h54
    6
    2

    Mas elês irão continuar ganhando seus salários de 25.000.00 sem trabalharem?

  • vando | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 07h44
    5
    2

    corpativismo puro.

  • Antenor | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 07h32
    4
    4

    Puta que pariu, se o MP entendeu pela revogação da domiciliar, pq esses caras acham o contrário? Publiquem na íntegra as perguntas do advogado Saulo Gayva e as respostas do torezan, dai da pra entendermos pq o MP entendeu pela revogação da domiciliar.

  • silva | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 07h27
    8
    2

    Lesco, pare de pedir pra ser solto, vc ja aprontou pra caralho e está atrapalhando a liberdade do Barros. Se toca cara, toda vez que vc pede liberdade, em mesma ocasião que o Bartos, nivelam Barros a você.

  • José Lino CHUINA | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 07h21
    6
    0

    ???!!!! {∆ Banana Comendo o Macaco, Poste Mijando no Cachorro, Sapo engolindo Giboia∆} essa é a PMMT. Governador::: {{{Abriu-se 1 precedente pra você INDICAR, NOMEAR, 1civil, paisano, COMO COMANDANTE GERAL da PMMT * esse cargo vira indicação = MINISTÉRIO da DEFESA}}} visão que DEPUTADOS devem apreciar, porque 1 CABO superar COMANDANTE GERAL. Tinha que ser punido severamente. Por incompetência.

  • João José de Rosário | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 06h47
    6
    1

    Já não se fazem CORONÉIS como antigamente... os de hoje são em sua maioria BAMBY...

  • Claudio | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 02h55
    5
    2

    Esta é apenas uma das diferenças entre o Um Praça é um Oficial..... salário bem distante e tratamento desigual..... agora so falta o Conselho de Justificação inocentar a Ten Ledur do crime de tortura para ficar tudo em casa..... a diferença que um era praça "retirado a morte" a outra parte é Oficial.... PARABÉNS, as justificações é defender só os que tem estrelas mesmo sendo os responsáveis pela matérias negativa na imprensa...... Maj Pacolla foi criticar o Governo vai ser punido, 2 pesos... sem medidas.

  • cpa | Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 00h56
    34
    3

    deram o galinheiro para ops lobos guardar.

  • Bobo | Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 23h20
    17
    6

    Briga de CORONÉIS CHEIRA PÓLVORA ...

  • Sociedade | Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 22h40
    63
    5

    Coronel e Coronel.....cabeça de Piça e o cabo puxa saco....vai ser excluído e condenado...abra a boca desgraça....vai levar o ferro sozinho....sua família vai passar fome...ou o coronel...vai te sustentar.....

  • Indignado | Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 22h07
    49
    13

    Essa decisão foi uma afronta ao Poder Judiciário, sobretudo a decisão do Perri. Quer dizer que “puliça” manda mais que Desembargador neste Estado?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS