10 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 14h:41 | Atualizado:

MINAS E ENERGIA

Deputado de MT pode abrir mão de reeleição para assumir ministério de Temer

Imprensa nacional coloca Fábio Garcia como um dos cotados para substituir Fernando Bezerra Coelho


Da Redação

fabiogarcia.jpg

 

Citado em uma matéria do jornal Valor Econômico como um dos possíveis substitutos do ministro Fernando Bezerra Coelho Filho, no Ministério de Minas e Energia, o deputado federal Fábio Garcia (DEM) afirmou que conversará com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para saber o que existe de concreto e se há a possibilidade de um convite do presidente Michel Temer (PMDB). Um dos possíveis obstáculos para a ida do parlamentar mato-grossense para a pasta é sua busca pela reeleição para deputado federal.

Fábio não confirmou se abriria mão de se candidatar para assumir o Ministério, mas também não descartou a possibilidade. “Eu vi a reportagem do jornal Valor Econômico, com a lembrança do meu nome. Na próxima semana, vou conversar com o presidente da Câmara, que é uma das maiores lideranças do meu partido, sobre esta questão”, disse Garcia, ao FOLHAMAX.

O deputado evitar projetar alguma ação em relação ao ministério, já que sequer houve o convite para assumir o cargo. “Cada dia com a sua agonia. Não dá pra colocar a carroça na frente dos bois, nem sofrer por antecipação. Pela relação que tenho com ele, vou conversar com o Rodrigo Maia, para saber o que tem aí. Tenho que saber se existe isso de fato ou não. Uma vez que eu tiver mais informações, verei o que fazer. Não quero criar instabilidade seja para a reeleição ou uma possível ida. Ainda não conversei com ninguém”, relatou.

O Democratas, partido de Fábio Garcia, atualmente está no comando do Ministério da Educação, liderado pelo deputado federal licenciado Mendonça Filho (DEM-PE). Com isso, a sigla passaria a ter dois ministérios no governo Temer, contemplando assim a legenda, que tem sido uma das principais bases de sustentação do presidente da república, inclusive com um esforço do presidente da Câmara para aprovar reformas propostas pelo Palácio do Planalto.

Fábio Garcia não acredita que a indicação seja política, e destaca que este é um setor onde ele sempre atuou.

O parlamentar revelou inclusive que já teve conversas com empresas do setor, que manifestaram a vontade de que ele assumisse a pasta. “Talvez meu nome tenha sido lembrado porque é um setor onde eu atuo e sempre trabalhei na minha vida. Na Câmara tenho uma atuação grande nele. Talvez eu tenha sido lembrado mais pela experiência que tenho neste ponto. Obviamente, antes de qualquer coisa, tenho que conversar com o Rodrigo Maia. O que existiu foi conversa de associações que representam segmentos importantes do setor elétrico, que pela minha atuação técnica, conversaram comigo. Mas fora isso, não”, completou.   

 



Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Lucas Pedro | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 16h41
    2
    0

    Cabe na cabeça de alguém com dicernimento que Mato Grosso tem bala na agulha, entenda-$e votos, para merecer tantos ministério: agricultura (ok); Infraestrutura - pretendida pelo welton e, agora, o de minas e energia. Será que pensam que somos bobó cheira-cheira? Isso parece até brincadeira de mau gosto de Pedrinho.

  • Andréia | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 15h53
    2
    2

    GRANDE BOSTA ESSE DEPUTADO VAI SER MINISTRO PARA MAMAR MAIS UM POUCO PORQUE PARA DEPUTADO NÃO GANHA MAIS .

  • joão batista | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 15h42
    22
    2

    Qual é o volume de dinheiro que esse ministério movimenta?

  • AMIGÃO DO GARCIA NETO | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 15h33
    18
    1

    Vai como Martim da Vila, oitentão. Vai devagar, devagar, devagarinho. Resto de governo, borra do tacho de Temer! Alguém tá querendo tua vaga de deputado federal. Alguém quer teu espaço no MT.

  • vando | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 15h22
    17
    3

    não vai ser nem ministro e nem depudo, ta defendo leite ainda nenê

  • vando | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 15h22
    13
    5

    não vai ser nem ministro e nem depudo, ta defendo leite ainda nenê

  • Chacal | Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 14h47
    17
    3

    A melhor piada do ano.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS