Política Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 10h:59 | Atualizado:

Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 10h:59 | Atualizado:

ARRECADAÇÃO

Deputado volta defender taxação do agronegócio em MT

 

TVCA

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

ludiotvca.jpg

 

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) foi entrevistado no quadro Papo das Seis desta quarta-feira (8). Ele falou sobre a economia do estado, déficit financeiro, arrecadação e incentivos fiscais.

Lúdio Cabral declarou que governar é um esforço que envolve mobilização de esforços humanos com a ajuda de servidores e poderes públicos, além do poder Legislativo.

“O governo acha que a crise do estado é resultado do crescimento das despesas, mas no meu entendimento o problema não é só o crescimento das despesas, mas a desconexão no crescimento da arrecadação e a economia do estado”, disse.

O deputado defende a revisão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). “O orçamento deste ano tem um déficit de R$ 1,7 milhão e foi aprovado com esse déficit. Se o crescimento da arrecadação estivesse conectado com o crescimento economia dos últimos 16 anos, nós teríamos R$ 2 bilhões a mais neste ano em arrecadação de ICMS”, comentou.

Lúdio é a favor da taxação do agronegócio para aumentar a arrecadação no estado. “Determinados produtos recebem mais incentivos do estado para obter maior ganho e produtividade. Para que o estado arrecade mais, é preciso deixar de penalizar toda a população com o ICMS da energia elétrica”, opinou.

Lúdio foi eleito com 22 mil votos nas últimas eleiçõ

 





Postar um novo comentário





Comentários (5)

  • jose mattos

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 14h42
  • ainda tem gente que defende politico aqui pt, psdb, mdb, dem tudo faria do mesmo saco.... e os comentarios do povo é meter pau em um partido ou polilico... o sistema ja ta esta comprotedido... ninguem e santo nessa joça
    1
    1



  • Ex eleitor

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 13h37
  • Eu já votei nesse rapaz no passado. Hoje vejo que não há bom senso por parte dos que fazem parte desse partido. Parece viver uma outra realidade bem diferente da que estamos. Enfim, é uma grande decepção.
    1
    0



  • sediclaur

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 13h34
  • Eu não gosto de petista, mas nesse caso concordo plenamente. Desde a tempos eu venho falando isso, que MT só vai sair da crise quando for revista essa famigerada Lei Kandir e o agro passar a contribuir ao menos um pouco tributariamente. Esse tal de FETHAB é só enrolação, só um cala-boca pra dizer que estão contribuindo com alguma coisa e nem deveria existir se o agro fosse tributado ao menos um pouco que seja. Isso é ínfimo se comparado com o que o agro deveria contribuir pra receita pública. E o tal Fex, além de ser pouquíssimo, de não compensar praticamente nada das perdas tributárias ocasionadas pela Lei Kandir, o estado tem ainda que ficar mendigando ao governo federal, todos os anos, pra que pague o que legalmente lhe é devido referente ao FEX. Isso é uma indecência para com a população do estado!
    2
    0



  • +Rog?rio

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 12h24
  • O cara que até hoje não pagou despesas de campanha ao governo, que moral tem posts cobrar algo. Se o PT pagasse somente o imposto pelo dinheiro desviado, o Brasil estaria numa situação bem melhor que hj.
    2
    1



  • Juca Curimba

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 11h04
  • Petista não sabe o que fala, não entende nada de nada, como se desse para aproveitar alguma coisa, se entendesse de dinheiro não estávamos nessa merda. Lula é ladrão e está preso.
    1
    1









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet