06 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 23h:00 | Atualizado:

CPI DO PALETÓ

Emanuel mantém suspense sobre ida a CPI e prevê que Silval e Sílvio não trarão "novidades"

Prefeito ainda afirmou que governador Taques deve provocar inocência em CPI na AL


Da Redação

emanuel-taques.jpg

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, afirmou que respeita a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o episódio em que é flagrado em um vídeo recebendo dinheiro das mãos do ex-chefe de gabinete no palácio Paiaguás, Sílvio César Xorrera. No entanto, ele avisa que pretende focar sua defesa no inquérito policial relativo a "Operação Malebolge", que tramita no Supremo Tribunal Federal.

Por conta disso, o chefe do executivo municipal não garantiu que irá comparecer a CPI para prestar esclarecimentos. De acordo com o prefeito, a maior preocupação dele no momento é a de que o episódio impacte negativamente em seu governo. “Quem não deve, não teme. É uma decisão interna da Câmara Municipal de Cuiabá e eu desejo que façam um trabalho de sucesso, com total isenção e imparcialidade. Ainda não decidi se irei comparecer. Estou focado no processo em si, que é lá que vou provar que não tenho nada a ver com isso”, afirmou ele, que revelou que está mais preocupado com a sua governabilidade.

Emanuel afirmou que ainda está avaliando juntamente com sua defesa uma possível ida a CPI na Câmara, já que ele tem a prerrogativa de depor somente se querer. “Se for necessário. Estou avaliando isso ainda. Eu vou decidir mais para frente. Estou conversando com meus advogados com tranquilidade e sem nenhuma preocupação, até porque não quero atrapalhar em nada o trabalho da Câmara. É uma situação prevista na Lei Orgânica do Município e na Constituição. Quanto a minha participação, vou decidir ainda. Eu não temo. Meu foco é provar que não tenho nada a ver com isso que foi colocado e dito em relação a mim. Vamos esclarecer isso tudo”, disse.

Ainda em relação a CPI, Emanuel Pinheiro afirmou que não espera muitas novidades em relação aos depoimentos do ex-governador Silval Barbosa (sem partido) e do ex-chefe de gabinete do ex-governador, Silvio Cesar Corrêa Araújo. Ambos já confirmaram presença na Comissão. “Não deve ter nenhuma novidade do que já foi dito. Com certeza deverá ser apenas a confirmação do que eles já falaram. Nem pode ser diferente. Eles têm uma delação assinada. Agora, se vão provar ou não, é uma outra história. Cabe a mim provar que não tenho nada a ver com isso. Mas chegará o momento em que farei isso na justiça”, disse o prefeito.

Emanuel foi gravado no ano de 2014 recebendo supostamente propina no palácio Paiaguás. As imagens dele e outros políticos vieram a tona no ano passado com as delações de Silval.

Emanuel nega que o dinheiro em que foi filmado seja de propina em troca do seu apoio ao Governo no Legislativo. Ele explica que a gravação foi realizada no momento em que ele recebia uma pesquisa realizada pelo seu irmão, o empresário Marco Polo de Freitas Pinheiro.

CPI DAS PEDALADAS

Emanuel Pinheiro também comentou sobre a CPI que irá investigar o uso indevido, por parte do Governo do Estado, de recursos que deveriam ter sido aplicados no Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Apesar de ser adversário político, Emanuel previu que o governador Pedro Taques (PSDB) pode comprovar sua inocência durante a investigação. 

Segundo ele, uma CPI não é um bicho de sete cabeças e pode inclusive provar a inocência de um político que esteja sendo investigado e pode provar que o governo do Estado não agiu incorretamente. “Ninguém quer uma CPI, mas também não é um bicho de sete cabeças. Ela pode ser o foro competente para mostrar que o governo, em qualquer instância, tinha razão. Ela não só condena. Ela vai investigar e pode mostrar que aquele acusado era inocente. Se feita com responsabilidade, é um grande instrumento. Vejo com naturalidade”, afirmou.

 



Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • antonio silva | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 09h23
    2
    2

    prefeito ladrão!! e fiquem de olho que ele vai colocar o filho playboy dele para ser candidato!! moro lá no bairro e esse guri não faz nada da vida, só fica malhando!! turma!!! temos que renovar!!! e renovar não é colocar o filho desse ladrão, pq vai continuar a mesma coisa (exemplos: fabio garcia, janaina riva, o vice prefeito que nem lembro o nome, etc...)

  • maria santa rosa | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 08h30
    4
    2

    não se preocupe Emanuel, a sua cara de pau é demais. Onde estiver seu menino de ouro pedindo voto, vou estar com um grupo divulgando seu vídeo. Como trabalhadora HONESTA que paga seus impostos não vou deixar sua raça se espalhar, e aguarde terá mais manifestações por ai.

  • Zeluis | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 08h05
    5
    2

    É que queimou o paletó

  • Gilmar | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 07h30
    4
    2

    Nojo, um indivíduo desse não pode ser normal. Ele pensa que toda a população de Cuiabá e sega e surda.

  • Jocadomas | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 06h56
    4
    2

    o cara que foi em "cartorio" jurar que o manuel é inocente, conseguiu emprego para a mulher na prefeitura, ele mordia todos os deputados que recebiam grana do silvio, malandrao esse negão

  • Sociedade | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 05h49
    4
    2

    Prefeito porcaria corrupto...mais sujo que pau de galinheiro...

  • Renato Viana | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 00h02
    15
    4

    EEEEEEE,,,,, SILVIO! ESSE PREFEITO É MESMO CARA DE PAU. O VÍDEO ONDE ELE COLOCA DINHEIRO NO BOLSO DO SEU PALETÓ JÁ FALA POR SI SÓ. ESSE CARA JÁ ESTA CONDENADO NO TRIBUNAL DO POVO.VIROU UM POLÍTICO SEM NENHUM CRÉDITO.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS