09 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 12h:32 | Atualizado:

CRÍTICA INDIRETA

Emanuel vê falta de princípio de delegado da Defaz e faz BO em Cuiabá

Em divulgação de curso, Luiz Henrique Damasceno citou que não configura lavagem de dinheiro esconder recursos no paletó


Da Redação

emanuel-luizhenrique.jpg

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), registrou boletim de ocorrência contra o delegado Luiz Henrique Damasceno, diretor-adjunto da Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor) em Mato Grosso. A ocorrência, registrada nesta segunda-feira, é referente a divulgação de um curso ministrado pelo delegado sobre lavagem de dinheiro, em que faz referência indireta ao gestor da Capital.

Em uma postagem sobre concurso em Direito Penal, Damasceno compartilhou uma imagem sobre lavagem de dinheiro, onde mostra os lugares onde criminosos poderiam guardar o dinheiro.  Na imagem aparece um paletó, como sugestão para esconder o dinheiro.

A divulgação faz referência indireta ao "episódio do Paletó", onde Emanuel Pinheiro foi filmado guardando dinheiro que recebeu de Sílvio Correa, ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa, no bolso do paletó. O episódio rendeu até uma CPI na Câmara de Vereadores.

No boletim de ocorrência, o prefeito relatou a atitude de delegado. "O delegado Luiz Henrique Damasceno, responsável por um órgão investigativo de Mato Grosso, publicou uma imagem que associa a minha pessoa ao crime de lavagem de dinheiro, ensinando ao público, em sua maioria estudantes, que não fica configurado lavagem de dinheiro se você esconder o dinheiro no paletó, além de criar uma figura de liguagem que associa algo diretamente a minha pessoa", diz o prefeito. 

Além disso, alerta que o delegado demonstra toda sua imparcialidade ao associá-lo a um eventual crime. "O mesmo vem desmoralizando os próprios princípios de sua atuação, o qual deve ser configurado por sua imparcialidade e não opinião subjetiva".

luizhenriquedelegado.jpg

 



Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • Verdadeiro | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 19h27
    1
    0

    O poste está mijando no cachorro mesmo.

  • Marlova | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 16h49
    10
    0

    Ainda estou incrédulo que o povo de Cuiabá votou nesse sujeito pra prefeito, mesmo após divulgação do video de recebimento de propina a granel para os politicos, e esse Emannuel que guardou no bolso do paletó e sorriu.

  • João Batista | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 16h36
    9
    0

    Então na próxima Campanha municipal é que esse palitó vai dar problema

  • Ed Hans | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 16h14
    13
    2

    Tudo que foi mostrado no vídeo é mera coincidência... é que a carapuça serviu no Manoel...😱😱😂😂😂

  • Observador | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 16h10
    12
    1

    Do jeito que andam as coisas no Brasil não duvido nada de o Delegado honesto, probo, perder o cargo por isso. Delegado, é GUERRA, faca na caveira, ou você não entendeu isso? Investiguem está administração, contrato por contrato.

  • Jessica kinder ovo | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 16h08
    8
    2

    Pau nesse delegado, os únicos que podem chamar o neneu de ZÉ PALETÓ, somos nós.

  • veronica | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 15h33
    16
    1

    Prefeito entenda ele só falou a verdade, porque voce tem um hist´´orio muito sujo com relação a propina e super faturamento de nota, acordo aceita que falem a verdade, não tem nada de errado na fala desse professor de direito. A e a população aplaude esse delegado.

  • silvani | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 15h27
    17
    0

    TINHA QUE FAZER b.O CONTRA ELE MESMO, POR TANTAS SUJEIRAS QUE ELE FEZ CONTRA O POVO DE CUIABÁ

  • LAURIANE | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 15h16
    18
    0

    O delegado que deveria fazer um B.Ò contra o prefeito com tanto dinheiro publico que ele roubou do VLT, não tem moral porque se tivesse teria vergonha desse historico podre.

  • Amanda Duarte | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 15h15
    16
    1

    A carapuça serviu então? Se ficasse quieto daria menos repercussão.

  • Moreira | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 13h43
    26
    2

    No Brasil, o bandido prende e oprime o Xerife. Só acontece isso neste país...

  • Drico Junior | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 13h36
    24
    3

    Chamamos isso de "servir a carapuça". Esse Paletó tá difícil mesmo, agora quer proibir usar a expressão PALETÓ em Cuiabá.

  • Rafaela | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 13h33
    20
    4

    Ué?! Não vi menção nenhuma na postagem do delegado ao prefeito. Ele se ofendeu sozinho... se entregou kkkkkkkkkk é um id#*&# mesmo hahahahahahahahha

  • Indignado | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 13h25
    20
    3

    No MT o queijo come o rato.

  • Olho vivo | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 13h06
    20
    3

    Emanoel PALETÓ,vc vai ter q processar mta gente,pois vc foi pego pilhando nosso dinheiro ao vivo e a cores,sorte sua q a justiça é lenta e os vereadores foram coopetados por vc,senão vc estaria afastado e quiçá no carumbe

  • Paolo | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 13h06
    25
    3

    KKKKKKKKKKKK carapuça serviu né SALAFRÁRIO.

  • Edmilson rosa | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 13h03
    21
    2

    Maguou.....pqp

  • Amélia | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 12h51
    26
    4

    KKKKKK Nenel tem tanta culpa no cartório que só de falarem "paletó" ele já acha que tão falando dele. Cuidado com a paranóia

  • Moacir - VG | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 12h49
    19
    3

    kkkkkkkkk, será que serviu a carapuça(indireta)....kkkkkk

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS