05 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 14h:44 | Atualizado:

CAIXA FURADO

Estado não repassa contrapartida e dívida do MT Saúde é de R$ 35 milhões

Plano tem se sustentado apenas com dinheiro descontado dos servidores

mtsaude-forum.jpg

 

Os integrantes do Fórum Sindical, entidade que agrega sindicatos e associações dos servidores públicos do Poder Executivo de Mato Grosso, se reuniram na tarde de ontem com o presidente do MT Saúde, Maurélio Ribeiro, em busca de informações sobre o atendimento prestado aos servidores conveniados a rede. Atualmente, a rede é extremamente limitada e os usuários encontram dificuldades para obter atendimento, mesmo estando com as mensalidades em dias visto que os pagamentos da caixa assistencial são feitos através do desconto em folha, tanto da mensalidade como da coparticipação.

Maurélio relatou aos sindicalistas que o MT Saúde não recebe regularmente a contrapartida do governo prevista em lei desde setembro de 2016, ou seja, com o descompasso no repasse financeiro em 2016 o plano passou a enfrentar problemas financeiros. A necessidade para uma rede mínima que está restrita praticamente no atendimento em Cuiabá, de acordo com o presidente da autarquia, era de R$ 11 milhões por mês e que foi otimizado na atual gestão para R$ 9,5 milhões.

Os dirigentes sindicais se mostraram extremamente preocupados, visto que os descontos mensais nos usuários do plano são feitos mensalmente em folha chegam a casa dos R$ 6 milhões mês. Atualmente, o MT Saúde presta cobertura a 26 mil servidores e dependentes, o que evita o maior afogamento do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Porém, como o governo não repassa há meses esses R$ 3,5 milhões de contrapartida mensal, o montante aproximado do repasse atrasado é de R$ 35 milhões, ocasionando dívidas que necessitam ser regularizadas. “Concluiu-se que os serviços do MT Saúde estão sendo mantidos apenas com os recursos descontados dos servidores públicos e estes não são suficientes para custear a rede mínima. Por isso a precariedade está instalada”, relatou o presidente do Sisma, Oscarlino Alves, que participou dos debates.

Outro entrave para a administração da autarquia é que todo recurso descontado dos servidores públicos mensalmente em folha são administrados na conta única do estado (fonte 240), onde também estão os repasses de outras áreas com receitas vinculadas. Isso impede a autonomia financeira para o funcionamento.

Como encaminhamento, Fórum Sindical irá encaminhar ofício urgente à Casa Civil e ao gabinete do governador Pedro Taques (PSDB) solicitando reunião urgente, com objetivo de cobrar providências do governo em cumprir com a legislação e realizar o repasse dos valores devidos ao MT Saúde.

 



Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Ambrósio | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 20h01
    4
    1

    26 mil servidores e dependentes, todos os servidores e dependentes pagam. Alem da coparticipação de tudo que utiliza. Os 26 mil não utilizam o plano ao mesmo tempo. Essa conta não bate. Tem que sobrar dinheiro aí. O MP tem que investigar!!! Estão desviando dinheiro do Mt saúde na cara dura. Tem que fazer uma auditoria por que não esta certo. Pelo visto tem jma mafia neste MT.

  • Doria | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 18h41
    2
    0

    Um total descaso com os usuários. Precisei receber atendimento médico e fui até o hospital Santa Rosa, chegando lá soube do cancelamento com o MT Saude, assim tive que ir para outro hospital, que aceitou a consulta, mas quando fui fazer os exames, surpresa, tive que pagar com o meu dinheiro. Esse valor é descontado em folha e não temos atendimento. Um absurdo!

  • Maria | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 18h23
    2
    0

    Pedalada fiscal com recursos dos funcionarios ? Crime de apropriação indebita?

  • Meire | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 18h16
    2
    0

    O Fórum Sindical precisa fazer algo urgentemente, aliás já devia ter feito...porque os servidores não podem ser penalizados por esta má gestão.

  • De olho | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 17h49
    3
    0

    MP CADÊ VOCÊ MP???? Porque sumiu? Que anda fazendo? Ou se escondendo de que de quem ? Que medo e esse de enfrentar o governo? MP VOCÊS SO PENSAM NOS GORDOS SALÁRIOS DE VOCÊS E O POVO QUE SE DANE NÃO É MESMO MAS A BOMBA VAI FEDER UMA HORA E PELO VISTO TÁ QUASE TEM DELAÇÃO VINDO POR AÍ ACHO ATÉ QUE É POR ISSO QUE VOCÊS ESTÃO TÃO ESCONDIDINHOS ISSO É PÚBLICO E NOTÓRIO TODO MUNDO TODA MIDA TODOS OS COMENTÁRIOS JÁ VIRAM QUE VOCÊS SÃO COVARDES OU A CAGADA DE VOCÊS SÓ PODE TER SIDO EXTREMAMENTE GIGANTESCA PRA FAZER VOCÊS SE ESCONDEREM COMO COVARDES E NÃO É SÓ VOCÊS NÃO TEM MAIS PODERES METIDOS NESSE JOGO SUJO DE PODER MAS VOU ASSISTIR DE CAMAROTE A QUEDA VIU ....

  • alexandre | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 17h35
    17
    0

    Pagamentos dos servidores parcelado em 5 vezes, dia ,22,23,24,25,26 de fevereiro, deu dinheiro pro TJ, pros municipios.. ligar módulo pânico... tudo atrasado.. fujam pras montanhas...

  • servidores e pencionista | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 17h19
    15
    0

    SOCORRROOOOOOOOOOO ((((((mtsaude está MTDOENTE)))))))) kkkkkkk kkkkkk PSMVG + AS POLICLINICAS kkkkk ESTA MELHOR QUE ESSE ((((( MTSAUDE oh nãooo MTDOENTE))))))

  • Antonio | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 17h06
    17
    0

    Incompetência total !!! Governo de Enrolação.

  • vando | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 16h41
    16
    0

    Esse governo e vogarista e vagabundo.

  • Antônio | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h55
    23
    0

    Esse governador está lascado...

  • paulo Jorge | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h50
    26
    2

    Esse P.Taques é igualzinho ao Lulinha Paz e Amor, ou seja 171 purissimo.

  • Luiz Carlos | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h43
    28
    0

    UM ABSURDO COMO O MP FAZ VISTAS GROSSAS POR UMA CAUSA TÃO IMPORTANTE QUE É A SAÚDE, ISSO SE CHAMA (ROUBO) POR PARTE DO GOVERNO INCOMPETENTE E DESPREPARADO E A JUSTIÇA CRUZA OS BRAÇOS., É LASTIMÁVEL!!

  • Fuzileiro Naval | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h30
    28
    0

    Agora fala se não é falta de Gestão do Governo. O repasse para o MT Saúde já vem descontado na folha de cada servidor. O que o Governo deveria fazer seria somente o repasse desse valor para o pagamento dos prestadores de serviço. Será que nem competência para isso esse Governo tem?

  • kleber | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h19
    32
    0

    NÃO TEM NADA QUE ESSE GOVERNO FEZ QUE DEU CERTO.

  • Ana | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h04
    29
    0

    Engraçado que alugaram nova sede. Quanto custo isso? Com varias salas vazias. Pergunto pra que? Ao invés de pagar os hospitais para poder atender! Lamentável pagamos e não temos atendimento, sem contar que a coparticipaçao é super cara.

  • dito | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h04
    23
    0

    Que situação estranha né. o governo alega que ele cobre uma porcentagem e o funcionário publico outra, até ai blz pelo que me parece o governo assume um pouco mais essas parcelas ok, ok. isso foi acordado la atras blz, blz. agora o governo com a sua maquina publica de não saber fazer gestão diz que não vai pagar porque não tem dinheiro mas o salario do funcionalismo é descontado rigorosamente. Então quem é o grande caloteiro disfarçado gestão atual não tem jogo de cintura em cumprir com suas obrigações alegando que não tem dinheiro...... Bom como é para funcionalismo publico esse governo do ditador ta se mostrando um grande desonesto. Povo de mato grosso, funcionalismo publico 2018 ano de eleição vamos retirar esse senhor do governo e colocar um que da conta e não culpa o passado.

  • silva | Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 15h00
    23
    2

    tem que tirar esse incopetente desse médico daí só foi ele entrar os serviços de MT precarizaram e ruim de serviço. tem que nomear um técnico nessa porcaria ou se não fechar de uma vez.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS