14 de Dezembro de 2019,

Política

A | A

Quarta-Feira, 26 de Março de 2014, 02h:59 | Atualizado:

CUIABÁ-CHAPADA

Governo abre licitação para projeto da nova rodovia Cuiabá-Chapada

Quase seis anos após o estado aprovar uma lei que autoriza a construção de uma estada alternativa ligando Cuiabá a Chapada dos Guimarães, a 65 km da capital, o governo de Mato Grosso deve, finalmente, implantar mais uma estrada entre os dois municípios, chamada de MT-030. A Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu) deve abrir licitação para escolha de empresa para elaborar o projeto de implantação da rodovia, que tem 49 km de extensão. A informação foi divulgada no Diário Oficial do estado que circula nesta terça-feira (25).

O projeto de lei original foi apresentado pelo então deputado estadual Otaviano Pivetta e sancionado em outubro de 2008 pelo ex-governador e atual senador Blairo Maggi. O estado chegou a contratar uma empresa para elaboração de estudo de viabilidade, mas a rodovia, prevista para ter 58 km de extensão, nunca saiu do papel. Procurada, a Setpu disse, por meio da assessoria de imprensa, que a proposta foi uma “perspectiva que não se concretizou no âmbito político”.

A proposta foi retomada há cerca de 15 dias pelo deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho, depois que o governador Silval Barbosa anunciou que o estado havia desistido de fazer a concessão da MT-251 e implantar praças de pedágio na estrada, rota tradicional entre Cuiabá e Chapada. A desistência ocorreu após críticas da população em relação à medida.

Conforme o texto publicado no Diário Oficial, a MT-030 seria construída no entroncamento da Travessa Vicente, na Avenida dos Trabalhadores, o entroncamento da MT-251, no km 14 depois de Chapada dos Guimarães.

Conhecida como rodovia Emanuel Pinheiro, a MT-251 passa pelo Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, local com forte apelo turístico por conta das belezas naturais. O fato da constituição geológica ser frágil, podendo não resistir ao tráfego de veículos pesados, consta como uma das justificativas do estudo de viabilidade realizado em 2008 por uma empresa privada e entregue à Secretaria de Infraestrutura.

O estudo também afirma que a MT-030 seria uma alternativa adequada para a movimentaçao de cargas entre os municípios de Cuiabá e Campo Verde, que fica depois de Chapada dos Guimarães.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS