31 de Maio de 2020,

Política

A | A

Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h:00 | Atualizado:

CORPO A CORPO

Lúdio apresenta propostas no interior

ludio-osmarcabral.jpg

 

Candidato a governador pela Coligação "Amor a Nossa Gente", o médico Lúdio Cabral (PT) anunciou durante passagem pelo município de Campo Verde os coordenadores da campanha que vão ajudar nas mobilizações da região. Tratam-se do ex-prefeito do município, Dimorvan Alencar (PR), e o presidente do diretório do PT, José Lima, popularmente conhecido como "Lima do PT".

O anúncio foi feito no sábado (16), durante reunião com lideranças da região de Campo Verde. Na ocasião, Lúdio falou dos projetos para governar Mato Grosso nas áreas da saúde, educação e segurança pública. "Na educação, queremos apoiar os municípios na ampliação do acesso à educação infantil nas creches e nas pré-escolas por meio da articulação de projetos junto ao Ministério da Educação. No ensino fundamental, vamos avançar em direção a educação em tempo integral para que as crianças permaneçam mais tempo na escola e para que a educação básica seja ainda mais qualificada para que os filhos do trabalhador tenham acesso à cultura, arte, esportes e tenham oportunidade de ter três refeições diárias de qualidade". 

Neste sentido, o médico ressaltou que o objetivo é fornecer nas escolas alimentos que sejam produzidos na agricultura familiar em cadeias produtivas potencializadas nos municípios com o apoio do Estado. "No ensino médio, nós trabalhamos coma metodologia integrada à educação profissional, oferecendo nas escolas cursos técnicos profissionalizantes para que os jovens tenham oportunidade de concluir o ensino médio já qualificados e em direção à faculdade", destacou. 

Para a Saúde, Lúdio pontuou que, apesar de ser o maior desafio do próximo governador, preparou-se ao longo dos 17 anos de atuação na medicina pública para executar os projetos que vão fazer de Mato Grosso referência nesse setor. "É o maior de todos os desafios que eu tenho. Por ser médico e ter construído minha trajetória na saúde pública, inclusive de estudo aprofundado do Sistema único de Saúde (SUS), estou pronto para realizar uma revolução positiva nos cuidados da saúde da nossa gente apostando em uma saúde da família de qualidade com atendimento na comunidade com equipes fixas, além de ampliar a cobertura do Programa Saúde da Família (PSF) dos atuais 60% para, no mínimo, 85% da nossa população", disse. 

Pela manhã, durante caminhada na Avenida Brasil e São Lourenço, em Campo Verde, Lúdio pôde detectar ao dialogar com comerciantes locais que a principal deficiência para aqueles que atuam no comércio da cidade é a segurança pública. Ao conversar com pessoas que relatavam as mais diversas experiências com assaltos, Lúdio explicou como pretende melhorar a situação que assusta não só a cidade, mas Mato Grosso e Brasil. O candidato ressaltou que estudos recentes apontam que, para atender a contento a população, o número de efetivos da Polícia Militar no Estado deveria passar de em torno dos 6 mil atuais para 10 mil policiais nas ruas.

Para isso, com incremento da receita do Estado, ao longo dos quatro anos de governo Lúdio pretende adotar concursos públicos anuais para repor gradativamente essa necessidade enquanto não se tem um efetivo completo nas polícias. "Vamos também apostar em tecnologia para fazer mapeamento dos índices de violência porque ela não ocorre de forma homogênea, já que tem um padrão de distribuição em cada território, concentração de esforços para atacar o crime antes que ele ocorra e adotar a filosofia da polícia comunitária, além da proteção das crianças e dos jovens nas escolas com a ronda policial".  

Ainda em Campo Verde, Lúdio visitou o assentamento Santo Antônio da Fartura e participou do lançamento de candidatura do postulante a deputado estadual Cícero Alves (Pros).

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS