Política Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 12h:49 | Atualizado:

Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 12h:49 | Atualizado:

7 A 0

Mauro acha difícil Selma reverter cassação e já apoia Fávaro ao Senado

Governador afirma que não houveram fatos que o fariam mudar o apoio dado ao ex-vice-governador nas eleições de 2018

WELINGTON SABINO
Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

Mauro Mendes

 

Ao comentar a cassação da senadora Selma Arruda (PSL) em decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) por prática de caixa 2 e abuso de poder econômico, o governador Mauro Mendes (DEM) informou não conhecer o processo, mas avalia que pelo placar de sete a zero imposto por sete magistrados na última quarta-feira (10), devem ter fatos realmente "robustos e irrefutáveis". E já antecipou que se houver eleição suplementar para preencher a vaga, ele desde já, hipoteca seu apoio ao ex-vice governador Carlos Fávaro (PSD), que esteve em sua coligação no pleito de 2018. 

"O Fávaro foi o terceiro colocado nas eleições, esteve ao nosso lado e faltou pouco pra ele ter o êxito. Se houver realmente, um novo processo eleitoral, ele terá sim chance de ser o nosso candidato. Temos que respeitar a decisão em instância final, mas uma votação de sete a zero aqui acredito que o Judicário o fez em cima de fatos e dados que eu não conheço. Mas pra ter uma votação de sete a zero eu reputo que devem ter fatos realmente robustos e irrefutáveis", observou o democrata nesta sexta-feira (12). 

Carlos Fávaro, além de ter disputado as duas vagas no Senado contra outros 10 concorrentes e terminado a disputa em terceiro colocado, é também um dos autores da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que resultou na cassação do diploma da senadora e seus duplentes Gilberto Eglair Possamai e Cléire Fabiana Mendes, ambos do PSL. Em coletiva no dia seguinte à decisão do TRE, ele concedeu coletiva se colocando como candidato se o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mantiver a cassação e autorizar eleição suplementar. 

"E ocorrendo realmente essa cassação em trânsito em julgado e nova eleição, o Fávaro é seguramente um grande candidato que teve uma performance muito boa nas eleições anteriores, teve o meu apoio lá e tem todas as condições de ter o nosso apoio. Não vejo porque mudar isso se não tem nenhum fato que mudaria eu tê-lo apoiado em 2018 e eventualmente apoiá-lo numa nova oportunidade. Ele teve o meu apoio, o apoio de muitos mato-grossenses, teve uma excelente votação e no meu lado não tenho nenhum motivo pra retirar dele esse apoio", enfatiza o governador Mauro Mendes, que nomeou Fávaro como chefe do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília. 

Diante da possibilidade do novo pleito, outros políticos já começam a se colocar como possíveis candidatos para a vaga. O governador pede cautela por entender que esse ainda não é o momento de se aprofundar no assunto.

"Nós não vivemos aqui só pra pensar política, ela faz parte do dia a dia, mas na amplitude que é a política. E a principal política que fazemos aqui é administrar o Estado focado em resultados. A política eleitoral está nesse momento em quarto, quinto plano. Se realmente configurar uma eleição ela volta ter uma nova dimensão e ai sim vamos aprofundar as discussões", argumentou o governador diante de vários questionamentos da imprensa que acompanhava a assinatura do contrato de concessão de um trecho de 188 quilômetros da rodovia estadual MT-320 ao Consórcio Via Brasil.

Até o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), já disse à imprensa que tendo uma nova eleição o nome dele está colocado como possível candidato ao Senado. 

Mendes foi questionado como ficaria seu apoio nesse caso, se continuaria a defender Fávaro ou se trabalharia para viabilizar a candidatura do correligionário. Mas optou por não se comprometer nesse momento, destacando que só toma decisões em cima de fatos concretos. "Eu não tomo decisão e nem profiro opiniões baseadas em conjecturas, em possibilidades. Sempre tive esse comportamento e vou procurar ter, hoje até mais do que nunca pela responsabilidade do cargo que ocupo. Então, não posso emitir opinião em cima de uma conjectura, em cima de uma opinião que não conheço o contexto sobre a qual foi emitida", desconversou o democrata.





Postar um novo comentário





Comentários (15)

  • In?cio

    Sábado, 13 de Abril de 2019, 08h49
  • Só pra te lembrar Mauro Mendes. Vossa senhoria é o Pedro Taques com outra faceta, ou seja, qualquer um que entrar no barco contigo na próxima eleição, vai afundar junto. As piadas que o senhor conta já são conhecidas.....
    0
    0



  • CELESTINA-( SINH? DE XANGO)

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 16h24
  • VIVA MATO GROSSO!!!! JÚLIO CAMPOS SENADOR. DO POVO CUIABANO DO NORTÃO E DE MATO GROSSO ,ESTÁ CADEIRA SERÁ DE JÚLIO CAMPOS SENADOR. OS BÚZIOS NÃO MENTE. QUANDO JOGUE E VI MAURO MENDES GOVERNADOR, EM 2017, MUITOS ME CRITICARAM ÁGORA, POR TRÊS VEZES A PEDRA DOS BÚZIOS CAIU E É JÚLIO CAMPOS SENADOR . PODE PREPARAR O TERNO DA POSSE AO SENADO. SENHOR JÚLIO CAMPOS. E SUCESSO POIS DE TRABALHA PELO POVO O SENHOR ENTENDE.
    0
    5



  • alexandre

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 15h48
  • não votamos na turma da Botina....
    6
    3



  • Eleitor indignado

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 15h40
  • Se o Taques for favorável a CPI da Lava Toga e o impeachment do Gilmar Mendes, terá o meu voto. Por que, os outros senadores, como Jayme Campos e Wellington Fagundes, que certamente tem o rabo preso, não ousam aborrecer os ministros corruptos do STF.
    3
    5



  • Marcio

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 15h09
  • Os malandros querem assumir a vaga no Senado, ainda que não foi eleito. A senadora Selma foi eleita com expressiva votação e, ninguém, votou nesse cidadão. Creio que ninguém o quer no Senado Federal. Entre ele e o Taques, prefiro o Taques para senador. Dentre os malandros, Taques é o menos nocivo. Os demais são como serpente e só visam o próprio bolso. Fora Fávaro, fora Mauro mendes
    8
    6



  • Ant?nio

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 14h51
  • Meu voto é do Taques...
    8
    7



  • Mimosiano

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 14h49
  • Do jeito que esse MM tá sem moral, se ele apoiar o Fávaro, vai fazer que nem o Pedro Taques fez com o Wilson Santos, para a prefeitura de Cuiabá, o servidores do Estado vão votar contra , como voto de protesto.,Quer um conselho Fávaro ,tira o MM de seu palanque, ou pague prá ver.
    13
    3



  • Said Joseph

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 14h47
  • Um aviso aos espertalhões, esse Fávaro vai levar fumo grosso no cu.
    9
    3



  • caio

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 14h35
  • Waldir Caldas, do Novo, deve colocar seu nome novamente à apreciação do Eleitorado, pois teve boa votação e, com certeza sera o diferencial nesta eleição. Vamos lá Waldir, chegou a sua hora. Tô contigo e não abro meu irmão.
    5
    7



  • Cidad?o Matogrossense

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 13h56
  • #VOLTA PEDRO TAQUES!!!
    8
    5



  • Enoque

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 13h42
  • Coitado do Fávaro, se tiver o apoio de Mauro Mendes, se depender dos funcionários públicos, vai pro buraco. Esse governador veio pra tentar ferrar os trabalhadores do poder executivo!
    13
    0



  • Alex prado

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 13h22
  • Com a imagem desgastada que o senhor Governador Mauro Mendes atualmente possui, é muito bom que apoie o Fávaro, tubarão do agronegócio e ex- vice Governador do ex- Governador Pedro Taques, pq daí sim terei a certeza da DERROTA do Fávaro... faça esse favor para a sociedade Mauro Mendes, apoie o Fávaro para que ele possa perder, OS SERVIDORES PÚBLICOS AGRADECEM. #Fávaro NÃO! KKKKKK
    9
    1



  • CHICO XIBATA

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 13h22
  • A FATO NOVO SIM JÚLIO CAMPOS É CANDIDATO A SENADOR, O POVO VAI APOIAR O MATO GROSSENSE. QUE NÃO PUXOU O TAPETE DE NINGUÉM. E FOI O ÚNICO QUE SE MANIFESTOU INDIRETAMENTE CONTRA TIRAR UMA MULHER QUE REPRESENTAVA MATO GROSSO, NO SENADO.
    3
    7



  • BUGRINHO DO TOCANTINS.

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 13h17
  • CRIA VERGONHA COMPANHEIRO, JÚLIO CAMPOS É DE SEU PARTIDO, E TEM TRÂNSITO LIVRE AS AUTORIDADES MAIOR DE NOSSO PAÍS EM BRASÍLIA, ESTE CARLOS TAQUES FÁVARO QUER SER PAPAI NOEL🎅 EM BRASÍLIA, OU SEJA PARA VAIDADE DELE E PARA INFEITE EU NÃO ACREDITO QUE ESSA DECLARAÇÃO É SUA. POIS ACABEI DE ELOGIAR ADMINISTRAÇÃO SUA COMO EX: PREFEITO APARECE UMA PROPOSTA INDECÊNTE DESTA. É JÚLIO CAMPOS👉 SENADOR E BASTA !!!!!!!
    6
    2



  • juvenal juvencio

    Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 13h07
  • Isso quer dizer que vc funcionário publico, vai ficar sem RGA! Que o AGROPOP vai continuar sem pagar imposto! Que seu imposto de 40% na energia sera mantido, que o imposto icms na Riluxxx será zero para os Botinas!!! Vamos eleger o Senador dos Barrões, e fechar definitivamente a sta casa! Toda sociedade esta doente! O estado é rico para os ricos!
    7
    1









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet