31 de Março de 2020,

Artigos

Política

A | A

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 15h:10 | Atualizado:

SEM MURO

Mauro descarta ficar neutro, mas adia anúncio de apoio para evitar "ciúmes" na base

Governador já prevê que escolha de candidato lhe causará problemas que serão resolvidos


Da Redação

Secom

Mauro Mendes

 

O governador Mauro Mendes (DEM) sinalizou nesta terça-feira (18) que não vai deixar de manifestar apoio a algum de seus aliados na eleição suplementar Senado, que será realizada no dia 26 de abril. Contudo, o chefe do Executivo Estadual esclarece que por enquanto vai manter o estado de “neutralidade”.

Segundo ele, a medida momentânea é para não desenvolver um ambiente de “ciúmes” dentro da base. “Uma possível declaração de apoio poderia causar também ciúmes nos outros. Não há decisão que possa gerar pessoas que fiquem contentes e pessoas que fiquem descontentes. Então, nesse momento, o mais sábio é que eu continue cuidando de Mato Grosso. A eleição tem passos e datas definidas, vamos esperar esses passos serem dados para ter um cenário completo”, disparou.

O democrata declara ainda que não quer antecipar um problema que já é esperado diante das articulações do pleito. “Eu, como governador, não preciso ficar antecipando um problema que vou ter daqui 20 dias, 30 dias. Eu tenho problemas para hoje à tarde e vou resolver”, complementou.

Nesta semana, o DEM “bateu o martelo” e oficializou o ex-governador, Júlio Campos, como pré-candidato na disputa pela cadeira da senadora cassada Selma Arruda (Podemos). No entanto, outros nomes que compõem o grupo governista no Estado como o vice-governador, Otaviano Olavo Pivetta (PDT), do ex-candidato derrotado ao Senado, Carlos Fávaro (PSD), também almejam o apoio de Mendes. 

Com isso, o gestor estadual garante que a decisão será tomada no momento certo. “Eu tenho um voto apenas, eu como governador tenho um voto apenas, eu como cidadão eu vou dizer minha opinião, mas tem tempo para isso”, finalizou.

 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Cidadão Matogrossense | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 17h41
    0
    0

    Mauro MENTES!!!

  • Pedro | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 17h20
    0
    1

    Isso mesmo Governador, não fique neutro . Tem meu apoio.

  • Servidor | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 17h19
    0
    0

    OS SERVIDORES ESTÃO SÓ AGUARDANDO O ANUNCIO DE APOIO DO MAURO MENDES PARA NÓS COMEÇAMOS A TRABALHAR CONTRA O APOIADO QUE PODE TER CERTEZA QUE SERÁ DERROTADO PORQUE OS SERVIDORES, TEM FAMILIARES E AMIGOS QUE NÃO PERDOARAM AS PERSEGUIÇÕES DO GOVERNADOR MAURO MENDES E EM 2022 É A VEZ DA DERROTA HUMILHANTE DO PROPRIO MAURO MENDES.

  • gustavo lopes | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 17h08
    2
    0

    esse cidadao nao ganha nem p sindico do condominio onde mora.... so esperar as proximas eleições...

  • Rondonopolitano | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 16h40
    2
    0

    Estou aguardando ele oficializar o apoio para pode votar contra.

  • Marcelo | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 15h47
    10
    1

    Tá bom... quem ele falar que apóia está perdido... Servidores Públicos, familiares e amigos vão fazer campanha contra... kkkkkkk

  • Servidores unidos | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 15h40
    10
    1

    Nos servidores não vemos a hora de mostrar seu candidato..... Tá se achando.... Neh? Vamos derrubar seu candidato eh só questão de tempo.... abraço

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS