14 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 22h:50 | Atualizado:

DEU NA GLOBO

Mesmo com decisões judiciais, 4 pacientes morrem sem UTIs em MT

Reportagem mostrou que liminares não estão sendo cumpridas

UTI-FECHADA.jpg

 

A crise na saúde em Mato Grosso foi destaque no Bom dia Brasil desta sexta-feira (26). O telejornal matinal da Rede Globo abordou casos em que pacientes estão buscando na Justiça liminares por vagas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais de Cuiabá e, mesmo assim, não conseguem atendimento médico.

De acordo com a Defensoria Pública, quatro pessoas já morreram aguardando vagas, mesmo com decisões judiciais favoráveis.

Segundo a reportagem, a situação piorou com a decisão dos hospitais filantrópicos (Santa Casa, Santa Helena e Hospital Geral) não atenderem mais novos pacientes do Sistema Único de Saúde nas UTIs. Eles alegam atraso nos repasses por parte do Governo do Estado.

Um dos casos exibidos foi o de um senhor, que só conseguiu a transferência para uma UTI após a terceira liminar. Ele foi diagnosticado com um tumor no cérebro. “Após a terceira liminar que ele foi transferido e a situação dele hoje é que ele está num estado gravíssimo, por causa deste descaso”, disse Vanessa Carvalho, filha do paciente.

De acordo com a defensoria pública, a busca por ações na justiça em busca de uma vaga aumentou bastante. Os magistrados tem decidido favoravelmente, mas as liminares não estão sendo cumpridas.

“Nosso maior número de ações judiciais é visando leitos em UTIs. Muitas dessas liminares não estão sendo cumpridas e tivemos inclusive alguns óbitos. Só em janeiro, foram quatro mortes por conta de liminares de UTI que foram descumpridas”, afirmou  a defensora pública Synara Gusmão.

Em nota, o Ministério da Saúde afirma que os repasses do Governo Federal para a Secretaria de Estado de Saúde estão em dia.  

VEJA AQUI REPORTAGEM DO BOM DIA BRASIL SOBRE CAOS NA SAÚDE DE MT



Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Joaquim | Domingo, 28 de Janeiro de 2018, 18h47
    1
    0

    E dali Estado de Transformação. Governador cumpridos de leis. Ainda tem coragem de falar em reeleição.

  • joão batista | Domingo, 28 de Janeiro de 2018, 13h35
    5
    0

    Manda prender. Cadê os tribunais, judiciário, a sociedade organizada? Nós pagamos e bem o judiciário e bem para serem inerte? Queremos a cabeça dos responsável dependurado na entrada da cidade e escrito: este não cumpriu com suas obrigações. É muita covardia mandar as pessoas para morrerem em suas casas, cadê o dinheiro desse local? Teve um orçamento e foi destinado, planejado verba para o pronto socorro. Já sei foi parar no paletó, foi para a câmara dos horrores bancar suas luxurias e projeto falido de poder.

  • LULA | Domingo, 28 de Janeiro de 2018, 08h13
    6
    0

    todas essas mortes deveriam ser imputada ao governador, que nao esta nem ai para o povo, e. continua se fazendo de bobo chera chera e mantendo-se inerte a situacao. - se ele nao pagar aqui vai pagar no inferno. -

  • Maria | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 23h59
    2
    0

    Misericórdia!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS