19 de Abril de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2014, 15h:18 | Atualizado:

INCÊNDIO NA ARENA

MP reafirma dano em estrutura da Arena e nega ser “vilão” da Copa

Promotores alegam que público não estará em segurança se não houverem melhorias


Da Redação

Arquivo

Arena Incêndio

Relatório do MP aponta que estrutura da Arena não garante segurança do público

Os promotores Alexandre Guedes, Clóvis Cardoso e Carlos Eduardo da Silva, que acompanham as obras da Copa do Mundo em Cuiabá reafirmaram nesta segunda-feira as informações divulgadas pela agência Reuters neste domingo de que parte da Arena Pantanal está com a estrutura danificada devido ao incêndio que atingiu a obra em outubro de 2013. Eles tem como base um relatório de 18 páginas elaborado por um engenheiro do Ministério Público.


De acordo com Alexandre Guedes, a Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa) enviou uma resposta em que, supostamente, teria sanado as irregularidades. Porém, os laudos fornecidos não foram conclusivos. “Os laudos emitidos pela Secopa não atestam a segurança da Arena Pantanal. Precisamos de um resultado definitivo”, declarou.


O promotor adiantou que o relatório será encaminhado a outros órgãos de controle, como o Ministério Público Federal e Tribunais de Contas do Estado e da União. O MPF, aliás, abriu um inquérito sobre o caso.

Sobre as afirmações de que o Ministério Público age “contra a Copa do Mundo” , Guedes rebateu, afirmando que o órgão tem colaborado com Estado, mas que também exige transparência e qualidade nas obras. “Não se pode culpar o paciente pelo termômetro”, ironizou.

Apesar do problema a menos de quatro meses do evento, o promotor Clóvis Cardoso não acredita que Cuiabá perderá a condição de subsede do Mundial. “Nós acreditamos que o Estado vai cumprir sua parte e vai entregar com êxito as obras. Seria inadmissível, agora, Mato Grosso ficar de fora da Copa”, assinalou.

Os promotores de Justiça anunciaram também uma vistoria técnica que será feita nas próximas semanas. "A equipe técnica será formada de acordo com os desdobramentos dos procedimentos internos", revelou o promotor Carlos Eduardo Silva.

 

O governador Silval Barbosa(PMDB) tem declarado publicamente que pretende inaugurar a Arena Pantanal em março em uma solenidade que deve ter a participação da presidente Dilma Rousseff. No dia 2 de abril está programado pela Copa do Brasil a partida Mixto x Santos.

 

VEJA MAIS

Em nota, Secopa garante que estrutura não sofreu danos

Fifa contrata inspetor para analisar impacto de incêndio na Arena Pantanal

Incêndio pode ter causado danos na estrutura da Arena Pantanal; MP ameaça barrar jogos

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS