07 de Dezembro de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 08h:31 | Atualizado:

COMUM OU ADITIVADO

MPE investiga posto por artimanhas para vender combustível mais caro em Cuiabá

Bom Clima anuncia valor de etanol comum, mas vende o aditivado, com preço mais caro


Da Redação

posto.jpg

 

O MPE (Ministério Público de Mato Grosso) abriu inquérito civil para investigar um posto em Cuiabá. A investigação tem como objetivo apurar denúncia de suposta prática abusiva por parte da empresa.

Segundo a denúncia, o posto anuncia um preço de etanol comum abaixo do mercado. Porém, sem o conhecimento prévio dos consumidores, abastece os veículos com etanol aditivado, cujo preço do litro é consideravelmente mais elevado.

No documento que instaura o inquérito, também é narrado que o promotor Ezequiel Borges de Campos designou oficial de diligências para que este se dirija até o endereço da empresa investigada para fotografar sua fachada, bomba e demais locais onde são divulgados os preços dos combustíveis, além de outras imagens que esclareçam a forma como se dá a publicidade e do tipo de etanol ali comercializado.

“Cumpra-se o despacho proferido no anexando a estes autos a íntegra daquela notícia de fato. Junte-se a ficha cadastral da empresa investigada disponível em arquivo específico disponibilizado na rede. Visando a sua efetividade, condiciono o atendimento do inciso V, do art. 21 da Resolução nº052/2018-CSMP à ultimação da diligência elencada no item 2. Observados os itens anteriores, devolvam os autos para deliberação”, subescreveu o representante do Núcleo de Defesa da Cidadania de Cuiabá 6ª Promotoria de Justiça Cível Tutela Coletiva do Consumidor, aqui na capital, no último dia 21.

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • consumidor ludibriado | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 15h05
    0
    0

    Deve-se apurar mesmo, a priori o consumidor desavisado deixa passar essa conduta, mas com tal pratica lesiva, faturam alto em cima dos vários consumidores que não denunciam. Eu também já fui vítima desse posto com tal pratica.

  • francisco | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 13h40
    1
    0

    Vai adiantar muito pouco pois a população gosta... faz horas que esse posto é denunciado e quanto mais denuncia mas cheio ele fica, todos querem participar da "fuzarca"...

  • Henrique Dias | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 09h25
    8
    0

    Finalmente!!!

  • Consumidor | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 09h20
    9
    0

    Deve ser apurado mesmo. Já fui vítima desse abuso nesse estabelecimento e no Posto Estrela da Guia próximo ao Distrito da Guia, o qual também deveria ser investigado.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS