18 de Julho de 2019,

Política

A | A

Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 00h:30 | Atualizado:

ALGOZ DE BOLSONARO

"Não tenho medo de redes sociais de fascistas", diz senador de MT

Senador de MT diz não se preocupar com ataques virtuais sofridos por causa do Coaf


Da Redação

mao-jaimecampos.jpg

 

O senador Jayme Campos (DEM) disse que não tem medo de mídias sociais e chamou de fascistas os internautas que o chamaram de diversos nomes por causa de seu voto a favor de transferir o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça para o Ministério da Economia. Disse também que votou de acordo com sua consciência e com o que acredita e vai propor que o Coaf se torne um órgão independente, com juiz próprio.

No entendimento dele, o Brasil está na contramão da história, porque Alemanha, Espanha, Reino Unido, França, Suíça, até um total de “100 países do mundo” vinculam o Coaf ao Ministério da Economia. “Particularmente, estou tranquilo. Não estou preocupado com redes sociais de algum fascista. Eu voto conforme a consciência, até porque quem votou em Jayme Campos, sabe, sempre disse, nunca menti, que votarei de forma independente e particularmente pelo que for bom para o Brasil. Isso fiz, estou tranquilo, e se tiver outra votação que não for de acordo com o interesse público, votarei contra”, avisou em entrevista ao programa Resumo do Dia, na noite desta terça-feira (14).

Segundo o senador, as pessoas que entendem do assunto, citou uma “professora PhD em economia” que teria afirmado que a Alemanha fez a coisa mais acertada quando, recentemente, reconduziu o conselho ao âmbito do equivalente germânico. “Estavam batendo a cabeça até voltar o Coaf para a economia”, disse.

Nesse passo, Jayme afirmou que só vota conforme a própria consciência, como o fez quando entendeu que era natural o Coaf ser vinculado ao Ministério da Justiça, conforme o foi até o dia 31 de dezembro de 2018. “É uma matéria que certamente ainda será discutida no plenário da Casa. Eu vou apresentar um projeto de lei de um órgão independente, a nível de ministério. O titular passa pelo Congresso. Escolhido, seja como juiz de direito. [Fez isso] não pra defender as vezes alguns segmentos que possam ser penalizados por cometer alguns atos irregulares de lavagem de dinheiro ou coisa parecida. O que estamos fazendo é repor as coisas em seus devidos lugares”.

A repercussão foi negativa em todo o país, com ampla divulgação dos 14 nomes componentes da comissão de congressistas responsáveis pela mudança que tira das mãos do ex-juiz Sérgio Moro (responsável pelas condenações de vários políticos e condução das ações derivadas da Operação Lava-Jato). Moro é o ministro da Justiça desde as primeiras semanas do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

2 DE MT ENTRE 25

Dois dos representantes da bancada mato-grossense no Congresso Nacional, o senador Jayme Campos (DEM) e o deputado federal Valtenir Pereira (MDB), votaram a favor da Medida Provisória que transfere o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça para o Ministério da Economia. Eles são alguns dos 14 parlamentares que disseram sim à medida entre os 25 que votaram.

Agora a matéria vai passar pelo plenário da Câmara dos Deputados e do Senado antes de entrar em vigor. Na prática, isso retira o poder de investigação sobre crimes fiscais, desvio de verbas e lavagem de dinheiro dos auditores e procuradores da equipe do ministro Sérgio Moro. A maioria dos membros do Coaf participaram ativamente da Operação Lava-Jato.

É uma das maiores derrotas do governo de Jair Bolsonaro (PSL) até agora, pois o ato foi resultado de uma manobra conjunta de oposição e do centrão para derrubar a vontade da presidência, que era manter o Coaf sob a jurisdição e ordens do ex-juiz Moro. Os auditores se manifestaram publicamente e por meio de notas à imprensa como contrários à medida. O mesmo foi feito pelo Ministério Público Federal e associações de promotores e procuradores de todo o país, assim como da Procuradoria Geral da República. A mesma comissão também devolveu a Funai e a demarcação de terras para o Ministério da Justiça, outra medida que contrariou o ministro e setores do governo.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • Said Joseph | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 12h22
    2
    0

    Ainda bem que temos a Senadora Selma. " A RAÍNHA DO CAIXA DOIS ".

  • Celso | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 11h18
    4
    1

    Eis resquícios do grande Dinossauro da politica, vergonha MT...

  • Zé Pedro | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 11h02
    7
    0

    Esse "afa-nador" é uma piada, a família Campos é um câncer que mata MT.

  • eurides | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 10h48
    9
    1

    Ainda bem que temos uma SENADORA autêntica e atuante em Brasilia , o resto é resto.

  • ELIAS | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 10h44
    8
    0

    Duas caras heim, esse tipo de atitude so dificulta e faz o Brasil andar pra tras, quase perdeu a eleição para o senado, que pena, poderia ter perdido. Estamos firme com Capitao, Bolsonaro.

  • Marcio | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 10h44
    10
    1

    Essa raposa decrépita de Várzea Grande, sempre, agiu com engano. Junto ao Wellington Fagundes representa a velha política, suja, corrupta. Infelizmente, os matogrossenses elegeu essa raposa velha que não tem nenhum compromisso com o Brasil, nem com o fim da criminalidade. Hoje, estamos assistindo as forças do mal, formada pela Organização criminosa centrão e o PT, unidos, para destruir o Brasil. Lamentável.

  • Samui | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 10h36
    8
    0

    Que vergonha Jaiminho!!!! BOLSONARO E MORO SEMPREEEE

  • JHOY | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 10h30
    1
    0

    Fica um monte de MANÉCO falando em esquerda e outros em direita. Se vc perguntar pra esses MANÉCOS o que significa isso vão dizer que esquerda é cara canhoto e direita é o destro.

  • lobó | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 09h30
    6
    0

    Júlio e jaime foram um atraso de vida para MT, três meses de salários atrasados, agora quer pregar moral, nunca fez nada pelo Brasil, enriqueceram à custa do Estado, são donos do MT quase todo, manda e desmanda aqui, é um Collor da vida, não tem como ter moral com os matogrossenses

  • Jaimão da cohab nova | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 09h26
    8
    0

    Putz e eu votei nesse lixo. Virou a casaca.

  • Heitor Oliveira | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 09h13
    22
    2

    hoje em dia o "melhor" argumento de quem não têm o que argumentar, ou a "melhor" justificativa para Justificar canalhices, é chamar quem não coaduna com suas próprias atitudes de "facista", agora, defina a palavra "facista" e vejam que a definição encaixa como uma luva nessas velhas raposas da política. não se esqueça que seu mandato tem validade e nós não esqueceremos de que lado vocês estão. lembre se de nos chamar de facistas novamente quando estiver pedindo votos para você e sua família.

  • Ricardo Augusto | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 09h07
    19
    4

    O destemido. Kkkkk. Devia ter tido essa postura de independência antes da eleição, eleição na qual usou e abusou do nome e da figura de Jair Bolsonaro, comungando 100%, na época, com as idéias de Bolsonaro. Que feio, Senador!!!

  • Sebastião Claudiney sonaque | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 09h00
    18
    3

    Eu votei nesse senhor mas pra nunca mais. Vota com a consciência porta nenhuma, vota conforme o interesse.

  • ALCY | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 08h57
    21
    2

    VC SÓ TEM MEDO DO COAF, POR ISSO TIROU DAS MÃOS DE MORO. NÉ SABICHÃO.

  • Pacufrito | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 08h54
    22
    2

    O senhor sabe bem quem é fascista né vossa excelência, o senhor sabe bem quem é.....na campanha vossa excelência, esbravejou pelos quatro cantos que era defensor da lava jato, agora vota todas as materias contra a lava jato, o senhor e u enganador, deveria ser cassado por estelionato eleitoral. Aliás antes da eleições centena de imorais deputados e senadores eram a favor da lava-jato, agora querem acabar com ela.

  • andre | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 08h50
    18
    1

    "Não tenho medo de redes sociais de fascistas", diz senador de MT... este escremento tem medo é do COAF e do Ministro Moro....

  • alexandre | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 08h32
    18
    2

    A esquerda nunca vai aceitar o resultado das eleições...

  • walter liz | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 08h04
    17
    3

    gosta de criticar, mas quando é criticado chama os criticos de Facistas, votou errado, votou contra o Brasil, bola fora senador

  • Paulo Boss | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 07h45
    19
    3

    Perdeu uma bela oportunidade de ficar calado !!

  • Contribuinte | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 07h36
    18
    2

    O Nobre senador deve estar muiiiito convicto de que as quadrilhas do centrão e da esquerda vão derrubar o presidente, e que até agora os planos estão de acordo para a alegria de todos, mas espero que o eleitor de bem, esse que está cansado de ser roubado de a primeira resposta ao senador na próxima eleição para prefeito onde ele com toda certeza lançará seu corrupto de estimação o deputado Botelho, espero que o eleitor de Cuiabá reprove essa quadrilha e veremos qual será o papo do senador na eleição de 2022. Estão muiiiito convicto de que tudo ficará como está inclusive as urnas eletrônicas fraudaveis, mas se o eleitor tiver vergonha na cara com certeza será a maior e melhor derrota de um corrupto e será uma humilhação histórica e virará memes eternos para os chamados de facista por um corrupto falastrão.

  • Shomano | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 06h45
    17
    2

    Seu Jaime, votei no senhor achando que apoiaria o governo Bolsonaro a consertar esse país, mas parece que está esquerdando igual o STF. Com esse tipo de atitude continuaremos nesse lamaçal que Lula e Dilma nos colocaram.

  • Povo de Mato Grosso. | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 06h36
    19
    2

    Podia aproveitar então e ecplicar como ficou milionário na politica. Nunca trabalhou em mais nada como lembrou um ex-candidato anos atrás, e o COAF nunca questionou. A verdade simples e nua é defender a manutenção da impunidade.

  • Ze da roça | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 05h50
    16
    2

    O site e o senador vai morrer abraçado...

  • ze | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 05h22
    13
    2

    e pensar que quase votei nessa M!

Matéria(s) relacionada(s):

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS