28 de Fevereiro de 2020,

Política

A | A

Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 14h:35 | Atualizado:

DESPRESTÍGIO NO NINHO

PSDB revela que ainda não trabalha candidatura de ex-governador ao Senado

Carlos Avalone ainda rebateu vereador de que o partido não tem condições financeiras de lançar candidato a prefeitura de Cuiabá


Da Redação

avalone-taques.jpg

 

Novo presidente do PSDB, Carlos Avalone disse que o ex-governador Pedro Taques ainda não manifestou, de maneira oficial, interesse na disputa a vaga ao Senado na eleição suplementar do dia 26 de abril. A Prefeitura de Cuiabá também se tornou objetivo e o provável candidato, Luiz Carlos Nigro. Como a cadeira no Congresso a ser deixada pela ex-juíza Selma Arruda (Podemos) já está nos planos de Nilson Leitão, o diretório reunido é quem vai decidir.

“Fomos até o ex-governador e ex-senador Pedro Taques e ele não colocou seu nome à disposição. Sempre antes de uma convenção todos nós temos o direito de colocar o nome assim que achar necessário, mas o ex-governador nunca me disse que queria ser candidato neste momento, pra mim isto é uma novidade. Mas se isso acontecer, o partido vai tratar como a legislação partidária defende”, disse o atual deputado estadual.

Avalone explicou que a Executiva do partido permitiu que o ex-deputado federal trabalhasse sua demanda em pré-candidatura durante uma reunião não oficial dos membros do diretório estadual. “Neste momento a única candidatura que temos, ou melhor, pré-candidatura, é a do ex-deputado federal Nilson Leitão”, esclareceu.

PREFEITURA DE CUIABÁ

Sobre as críticas de Renivaldo Pinheiro (PSDB) feitas à imprensa de que o presidente da Associação dos Proprietários de Bares e Hoteis, Carlos Nigro, não seria viável para tentar tirar o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) do Palácio Alencastro porque o partido tem dívidas demais, Avalone tentou ser político: “Agora com o fundo partidário, o compromisso que temos com a [direção] nacional, intermedida pelo próprio Pedro Taques, Nilson Leitão e Wilson Santos — que é muito respeitado por lá — é que parte de muitas dessas dívidas estarão sendo pagas. Estão começando”.

Porém, acabou dizendo que a falta de experiência na direção de legendas fez o vereador cometer um erro sem sentido, pois todo partido tem dívida, porém também há o recurso público e isso nunca foi critério porque, do contrário, ninguém lançava chapa alguma.

“Ele não conhece a história dos partidos, provavelmente, e não sabe que essas dívidas partidárias, que não deveriam existir, vem remontadas de muitos e muitos anos e na realidade o PSDB tem a dívida municipal, no estadual, já teve dívida no passado. A gente não deveria ter essas dívidas, mas elas existem. E o partido vai continuar, quer dizer que as dívidas do estadual não vão permitir que não lancemos o Nilson Leitão candidato? Não é bem por aí, mas eu respeito a opinião do vereador Renivaldo”, encerrou Avalone.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • José | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 22h32
    1
    0

    Só a carra do ex deputado Ricarte de fritas nesta foto desanima até quem não vota

  • Dias | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 16h52
    4
    4

    Esse bosta desse Taques não se enxerga mesmo

  • Antônio | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 16h30
    3
    4

    Pode lançar o Pedrinho que eu e minha família votaremos nele...

  • Saulo | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 16h27
    3
    2

    Esse avalone responde a vários inquéritos, Taques carta fora do baralho, não se eleger mais pra nada, psdb acabou no estado, se bandiaram pro lado do Mauro Mente.

  • José | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 14h53
    6
    0

    Agora com o Avalone presidente do PSDB vai sobrar só as penas dos tucanos?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS