24 de Janeiro de 2020,

Cidades

A | A

Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 20h:23 | Atualizado:

Após reunião com Semob, motoristas recuam de paralisação em Cuiabá


Gazeta Digital

A Prefeitura de Cuiabá disse estar em contato com os motoristas buscando o diálogo para solucionar o conflito e que não ocorrerá a paralisação prevista para este sábado (7). A negociação prevê o pagamento do salário de todos tralhadores até segunda-feira (9), incluindo o pagamento de parte do 13º salário. 

Sem receber o salário de novembro, os motorista de ônibus já informaram à Prefeitura de Cuiabá sobre uma possível paralisação das atividades neste sábado (7). Eles reclamam que estão sem receber no quinto dia últil do mês, como prevê a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).  Diante do não pagamento no dia correto, o Sindicato dos Motoristas Profissionais e Trabalhadores em Empresas do Transporte Terrestre de Cuiabá (Sintrobac) fez o comunicado ao secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo.

O documento, assinado pelo presidente da entidade, diz que os atrasos recorrentes são e de conhecimento do Poder Público. Sindicato explica que o prazo do quinto dia últil para receber o salário termina nesta sexta. Caso ocorra, está será a segunda paralisação de 2019. Em junho de 2019, os motoristas ficaram mais de 10 horas em paralisação. Os ônibus só voltaram a circurlar normalmente as 15h33.

Procurada, a prefeitura disse que vai emitir um comunidado mais tarde sobre a possível paralisação dos motoristas. As empresas de ônibus da capital também foram procuradas pelo , mas também não se pronunciaram sobre a situação. 

Caso ocorra, está será a segunda paralisação de 2019. Em junho de 2019, os motoristas ficaram mais de 10 horas em paralisação. Os ônibus só voltaram a circurlar normalmente as 15h33. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS