Cidades Quarta-Feira, 10 de Abril de 2019, 17h:36 | Atualizado:

Quarta-Feira, 10 de Abril de 2019, 17h:36 | Atualizado:

Notícia

Câmara homenageia 177 cuiabanos ‘pau rodados’ e de ‘tchapa e cruz’

 

Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

A Câmara Municipal de Cuiabá realizou na noite desta terça-feira (09) uma sessão solene em homenagem ao tricentenário da Capital. Na oportunidade, os vereadores agraciaram 177 pessoas com título de cidadão cuiabano, Comenda de Mérito Legislativo e Ordem do Mérito Legislativo. 

Para o presidente do Parlamento Municipal, vereador Misael Galvão (PSB), esta é uma forma de reconhecer o trabalho prestados pelos cuiabanos e por aqueles que escolheram Cuiabá para morar.

“Os cuiabanos de Tchapa e Cruz e os chamados de pau rodados são as nossas maiores riquezas, são os que fazem daqui o melhor lugar para se viver. A entrega desses títulos e honrarias é uma maneira do Legislativo reconhecer que Cuiabá só é Cuiabá pelo povo que aqui nasceu, e pelo povo que escolheu a nossa cidade para morar. Cada um com a sua história, cada um com sua superação, cada um com a sua batalha, ajudou a construir a cidade que Cuiabá é hoje”, disse o socialista.

O vereador Ricardo Saad (PSDB) enfatizou o discurso do presidente, e lembrou que anos atrás também foi agraciado com título de cidadão cuiabano. 

“É um dia importante, um dia de comemorar. Eu estou em Cuiabá há 36 anos e tenho orgulho de morar aqui. Hoje, como vereador desta cidade, participo de um momento ímpar, no aniversário de 300 anos, ao homenagear pessoas que não são de Tchapa e Cruz, mas que possuem serviços prestado a nossa cidade, e também os cuiabanos raiz pela sua dedicação a nossa Cuiabá”, enfatizou o parlamentar que discursou em nome dos 25 vereadores.

Representando o Executivo Municipal, o vice-prefeito Niuan Ribeiro (PTB), destacou a receptividade do povo cuiabano. “300 anos se passaram e muita coisa aconteceu, muita gente veio para cá e Cuiabá se tornou o que é hoje. Ser cuiabano é ser acolhedor, é ser simples, é cultivar as suas raízes, e esses 300 anos é marcado com muita felicidade, pois Cuiabá tem a honra de ter pessoas que a amam”, disse.

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado estadual Max Russi (PSB), parabenizou o Legislativo Municipal pela iniciativa.  “Muitas vezes, a gente valoriza, reconhece e lembra-se de pessoas que contribuíram com a nossa cidade, com o nosso estado, somente quando elas nos deixam, quando não estão mais entre a gente. Então, quando a Câmara Municipal homenageia 225 personalidades, homens e mulheres que contribuem diariamente com o desenvolvimento de Cuiabá, sem sombra de dúvidas, é uma grande ação, um grande gesto: lembrar e reconhecer pessoas que fizeram com que Cuiabá chegasse aos seus 300 anos sendo essa cidade gostosa de se viver, de um povo acolhedor com uma grande cultura”, parabenizou o parlamentar.

Agraciado com título de cidadão cuiabano, o deputado federal Nelson Barbudo (PSL) se emocionou com a homenagem. De acordo com o parlamentar, além do coração, a partir de agora ele também possui identidade cuiabana. “Receber este título é dar a identidade a um paulista que, desde menino sonhava em morar no Mato Grosso. Ganhei a identidade que eu tanto procurei, Cuiabá jamais te esquecerei”, disse.

Também homenageada, Camila Parente Almeida, fez até um vestido para comparecer a solenidade com as cores da bandeira da Capital (verde e branco). Há quatro anos morando em Cuiabá, ela destacou o acolhimento e a cultura do povo cuiabano. “Meu pai me perguntou: o que você fez para merecer tal título? Eu respondi: amo Cuiabá e Cuiabá me ama! Muitos dizem que Cuiabá é uma cidade isolada, e eu concordo em partes. De fato, a geografia fez com que o povo de Cuiabá fosse guardado como tesouro, mas a característica de ser por tanto insulada só foram lavradas o que há de melhor: o sotaque assunto, as gírias resguardadas, sua cultura”, pontuou.

No total, foram entregues 158 títulos de cidadão cuiabano, 10 comendas e nove ordem do mérito. 

A abertura do evento ficou por conta do grupo Flor Ribeirinha, que encantou os convidados uma apresentação voltada para cultura cuiabana, que foi desde a devoção pelo São Benedito, passando pelo cururu e siriri, chegando até o tradicional rasqueado.

Já a cantora Vera Capilé emocionou os presentes canto o hino de Cuiabá. E pra fechar com chave de ouro, o humor da dupla Nico e Lau arrancaram gargalhadas do público.

Esta homenagem é prestada pelo Legislativo desde a década de 70, mas nos últimos anos, escolheu-se a proximidade do aniversário da cidade para realizar a outorga.

 





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet