07 de Dezembro de 2019,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 11 de Março de 2014, 02h:32 | Atualizado:

Deputada cobra retomada das obras na MT-175

Na manhã desta segunda-feira (10), o vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Antonio Azambuja (PP), cobrou da Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (SETPU), providências emergenciais para solucionar os problemas de pavimentação asfáltica na MT-175.

De acordo com Azambuja, o descaso vem causando revolta na população local. Vários protestos já foram realizados na região, inclusive, nesta manhã vereadores e populares interditaram trechos da rodovia, entre as cidades de Araputanga, Indiavaí, Figueirópolis D’Oeste e Jauru.

Azambuja explica que o protesto tem o objetivo de chamar a atenção do Executivo quanto ao descaso da Construtora Geosolo Engenharia, ganhadora da licitação. Segundo o deputado a construtora ao invés de resolver o impasse danificou ainda mais a pavimentação asfáltica, causando a paralisando da obra. “Quando os moradores sentiam-se recompensados pelos anos de sofrimento, a empreiteira interrompe a obra, retardando a alegria das pessoas”.

O vice-presidente revoltado com a situação quer saber de quem é a responsabilidade, quem é o culpado. “Chega de jogo de empurra a empreiteira diz que o governo não repassa os recursos e o governo diz que é responsabilidade da empreiteira. Queremos o problema solucionado com urgência”, esbravejou.

Questionado pelo deputado quanto ao prazo para solucionar esse entrave, o secretário adjunto da SETPU, Alaor Zeferino de Paula, disse que vai chamar à construtora Geosolo, detentora do contrato, para um conversa. E caso a empresa não coloque as máquinas para trabalhar até quarta-feira (12), a segunda empresa da concorrência será acionada.

Populares da região afirmaram que caso não seja resolvido no prazo estipulado, dia doze, as rodovias serão novamente interditadas. Além do deputado Antonio Azambuja participaram os deputados Ezequiel Fonseca (PP) e Airton Português (PSD).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS