11 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 23 de Maio de 2017, 02h:59 | Atualizado:

Estudo mostra viabilidade do uso do Rio Paraguai para transporte de cargas

Em Corumbá (MS), um estudo foi apresentado para mostrar que é possível usar o Rio Paraguai para baratear os custos com o transporte de cargas. O levantamento fez ainda projeções para as melhorias na estrutura da hidrovia.

O Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), realizado pelos professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) analisou o trecho de 1270 km entre Cáceres/MT e Porto Murtinho/MS. O EVTEA projetou ainda as potencialidades futuras da Hidrovia no que se refere às ações para a melhoria da infraestrutura, aumento da segurança na navegação, transporte de novas cargas, implantação e reestruturação de terminais portuários.

O deputado Dr. Leonardo (PSD) participou do evento. Ele é requerente da Câmara Setorial Temática, na Assembleia Legislativa, que discute a efetivação da Hidrovia Paraguai/Paraná e Portos em Cáceres. O parlamentar vem debatendo a questão desde 2015, quando assumiu o mandato, por entender a importância econômica e o desenvolvimento que a efetivação da Hidrovia vai trazer para Mato Grosso.

O transporte Hidroviário é uma grande luta do governo estadual e do setor produtivo, tendo em vista que Mato Grosso é maior produtor de grãos do país. Com a implantação do modal, só no valor do frete a redução seria de 30% dos valores atuais.

“Vamos levar os resultados e as discussões que tivemos neste evento aos demais membros, para somar com o trabalho que estamos desenvolvendo. A câmara temática faz questão em estar presente nestes eventos, assim como estivemos em fevereiro, em Curitiba (PR) participando do Fórum, pois agregamos esses debates ao nosso trabalho”, ressaltou.

 

 



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS