27 de Maio de 2020,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 09h:55 | Atualizado:

ALERTA TOTAL

Homem morre por suspeita de coronavírus em hospital de Cuiabá

Paciente tinha sintomas de Covid-19; exame confirmará ou não morte pela doença


Da Redação

juliomuller-lotado.jpg

 

Secretário titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Gilberto Figueiredo confirmou na manhã desta segunda-feira (06) uma morte ocorrida no Hospital Julio Muller, em Cuiabá. Ele não afastou a possibilidade de que o óbito tenha ocorrido por Covid-19.

Conforme informado oficialmente, o paciente era do sexo masculino e estava internado com problemas pulmonares, febre e dores no corpo. O Julio Muller é o hospital público referência no tratamento de pessoas infectadas com a sétima cepa do coronavírus.

O nome do paciente, idade, profissão e local de moradia não foram divulgados.

A coletiva à imprensa foi realizada no canteiro de obras do Hospital Metropolitano de Várzea Grande, que está justamente aumentando o número de leitos para atender futuros acometidos pela pandemia. “Fomos informados dessa morte, confirmamos a morte, mas eu não posso confirmar que ele é vítima do Covid-19. Ele estava internado no Hospital Julio Muller, os exames foram feitos e, se der positivo, o nome dele aparecerá no boletim de logo mais à tarde”, resumiu Figueiredo, ao lado do governador Mauro Mendes (DEM), também presente à entrevista.

O gestor da SES avisou à população para manter os cuidados de prevenção, ficando em casa, e considerou que esta não é a hora de relaxar o isolamento social nem alterar decretos governamentais. “Mortes irão acontecer, são esperadas, mas não é o registro de novas mortes que fará os trabalhos mudarem. Ainda trabalhamos com a possibilidade de um pico da doença no final de abril e começo de maio, e estamos prontos para agir quando os casos tiverem um aumento nos números”, garantiu.

Oficialmente, são 361 casos notificados como suspeitos de Covid-19 em Mato Grosso. Entre estes, 60 estão confirmados, bem como 13 internações, 10 recuperações e um óbito registrado até o momento.

O PIOR AINDA ESTÁ POR VIR

O secretário Gilberto Figueiredo admitiu a subnotificação de casos de Covid-19 e reforçou a necessidade de isolamento social lembrando que o pior ainda está por vir, já que o esperado aumento de casos, a chamada curva estatística, ainda nem chegou. “Dias piores virão”, disse.

Perguntado diretamente sobre o problema da subnotificação e se, diferente do que respondera dias atrás, confirmava a situação, ele foi direto e lacônico: “Confirmo. Segundo as estatísticas, para cada caso, há 10 não notificados. Hoje temos 60 casos confirmados, então há pelo menos 600 casos não notificados”, admitiu. (Atualizada às 09h58)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Rogérinho | Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 14h53
    0
    0

    E i óbito ocorrido ontem (domingo) no São Mateus?

  • Márcio | Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 11h36
    7
    10

    Um jovem que tentava realizar um assalto, acabou sendo atingido por um tiro na cabeça. Dando entrada no hospital, acabou vindo a óbito. Ele estava com a COVID-19. Infelizmente, mais uma morte causada pelo coronavirus. E, sabe que é o culpado? o presidente Bolsonaro.

  • Analista Político | Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 10h09
    6
    15

    Os caras estão rezando todos os dias para que morra alguém pelo Vírus para justificar a quantia milionária que estão torrando tudo SEM licitação. O que morreu em Lucas segundo relato foi tratado com tivesse com Dengue, lamentável.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS