26 de Fevereiro de 2020,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 02 de Dezembro de 2014, 09h:25 | Atualizado:

Leilão deve esvaziar em 60% o pátio do Detran

O leilão de inservíveis do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) foi realizado na manhã desta segunda-feira (01), às 9h da manhã, no auditório da sede da autarquia com a participação de três empresas. A empresa vencedora ofertou o lance de R$ 0,20 por quilo, a segunda empresa R$ 0,18, e o valor inicial foi de R$ 0,16. O início dos trabalhos de descontaminação, descaracterização e prensa do material inservível está previsto para o dia 20 de dezembro em Cuiabá.

Para facilitar o processo de retirada do material inservível das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) no estado, será realizado um cronograma por região. “O cronograma dá condições à empresa de trabalhar com maior agilidade e permite que este processo de retirada seja realizado o mais rápido possível, considerando a logística no nosso estado”, diz Anderson Gomes Amaral, gerente de Leilões do Detran-MT.

De acordo com Rogério Cardoso, advogado do Detran-MT, já foram notificados os proprietários e credores dos veículos de Cuiabá. Com a definição do cronograma para o interior, os proprietários e credores serão notificados por região. “Após o envio das notificações são respeitados os 50 dias exigidos pela lei. São 20 dias de notificação via correio e 30 dias após publicação no Diário Oficial do Estado”, diz.

A expectativa com o leilão de inservíveis é que 60% dos pátios sejam esvaziados. A estimativa foi realizada em cima de 19 mil veículos, entre carros e motos, ou seja, mais de quatro mil toneladas de material ferroso. A arrecadação vai para a conta única do estado e os veículos, após cumprido todo processo, deixam de existir no sistema do Detran-MT.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS