03 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 10h:44 | Atualizado:

EDUCAÇÃO

Programa atende 3,9 mil alunos em Cuiabá

livros-portugues-matematica.jpg

 

Com a suspensão das atividades presenciais nas unidades da rede pública municipal de educação, medida necessária adotada pela Prefeitura de Cuiabá para conter o avanço da Covid-19, o Programa de Melhoria da Proficiência (PROMP), que passou a atender também alunos do 4º Ano, está sendo viabilizado por meio do ensino à distância (EAD). Após a finalização da distribuição dos livros didáticos de Língua Portuguesa e Matemática, alunos de 52 escolas iniciaram as atividades. 

Com a utilização de ferramentas, aplicativos de interação, e o apoio dos livros didáticos e do material impresso, além das aulas disponibilizadas no portal @Escola Cuiabana, 3.950 alunos são atendidos e se preparam para a Prova Brasil, um projeto do Governo Federal voltado para o desenvolvimento das habilidades e competências leitora e de matemática, exigidas nas avaliações oficiais do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

A secretária interina de Educação, Edilene Machado, explicou que, este ano, o programa, que já vinha sendo desenvolvido na rede pública municipal de Cuiabá com alunos do 5º Ano, teve início em janeiro, com a realização de reuniões com a equipe técnica da secretaria para avaliação e desenvolvimento do plano de ação e de um calendário das ações pedagógicas. Além disso, foi realizado um seminário de apresentação da plataforma do projeto Aprova Brasil e oficinas formativas para professores, coordenadores, diretores, e assessores pedagógicos da SME.

Junto aos alunos, as atividades são desenvolvidas em dois dias na semana, sendo um dia para Língua Portuguesa e um dia para Matemática, de acordo com as orientações didáticas e conforme os blocos de lições. Os conceitos são desenvolvidos nas aulas EAD, disponíveis no @Portal da Escola Cuiabana, e os alunos são acompanhados por meio dos grupos de WhatsApp e outras plataformas onde podem tirar suas dúvidas. No restante da semana, os alunos desenvolvem suas atividades pedagógicas normais.

“Essa é uma atividade pedagógica interventora, com foco na consolidação da aprendizagem. Os pais estão recebendo orientação dos coordenadores sobre a dinâmica de exploração das lições. A cada conjunto de cinco lições os alunos farão uma avaliação. A cada devolutiva pedagógica serão realizadas oficinas com os professores e coordenadores pedagógicos para avaliação dos resultados e implementação de novas atividades que reforcem o aprendizado, contribuindo com o melhor desempenho dos alunos”, explicou Edilene Machado.

O Programa de Melhoria da Proficiência envolve alunos de 52 escolas da rede pública municipal e 152 professores do 4º Ano.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS