04 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 15h:41 | Atualizado:

Projeto prevê estímulo ao turismo para idosos em MT

Tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso projeto de Lei que Institui a Política Estadual de Incentivo ao Turismo para o Idoso, de autoria do deputado Adalto de Freitas (SD).  A proposta já foi aprovada em primeira votação, aguarda parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação para posterior  apreciação do plenário do Legislativo Estadual.  

Conforme o texto, a intenção é contemplar o fomento à atividade de turismo direcionado aos idosos em nosso estado. Buscando promover mecanismos de integração e participação efetiva das pessoas com mais de sessenta anos na sociedade.

“O turismo aos idosos tem ganhado representatividade econômica. Esse setor tem despertado para as necessidades da terceira idade, que requer serviços mais específicos e adequados do que aqueles que muitas vezes são oferecidos ao público em geral. A aprovação do projeto será uma grande conquista para os idosos do nosso estado, pois, contribuirá para uma melhor qualidade de vida na terceira idade”, argumentou o deputado.

Para execução da política estadual do idoso, diretrizes de legislação federal e estadual deverão estar inseridas na Lei, como a  disponibilização de campanhas de estímulo junto à empresa ligada ao turismo, operar com produtos voltados às pessoas da terceira idade; qualificação dos produtos e das pessoas por meio de curso de capacitação e organização empresarial, planejamento adequado aos idosos e disponibilização de profissionais capacitados em estabelecimentos que visem atender o turismo dos idosos.Caberá ao Poder Executivo estabelecer normas e diretrizes para desenvolvimento de programas governamentais e incentivos aos empreendimentos privados voltados aos Idosos.

“O envelhecimento populacional, que alcançou preocupação tanto nos países desenvolvidos quanto nos países que se encontram em desenvolvimento. A humanidade está passando por um processo de transição demográfica onde as populações estão deixando de ser predominantemente jovens, e o Brasil não se encontra a margem deste processo, por isso, precisamos lutar para  uma melhor qualidade de vida aos idosos mato-grossenses", concluiu o deputado.                   

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS