25 de Maio de 2020,

Cidades

A | A

Sábado, 23 de Maio de 2020, 09h:02 | Atualizado:

Sema garante novos equipamentos que fortalecerão fiscalização ambiental

O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) e a Delegacia Especializada de Meio Ambiente receberam nesta sexta-feira (22) uma camionete, um barco e equipamentos de campo. A entrega foi realizada por meio do Programa de Apoio Operacional da Usina Hidrelétrica de Sinop dentro do processo de licenciamento realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

“A entrega foi feita para fortalecer as ações de campo e o apoio que essas instituições nos dão nas ações de proteção ao meio ambiente”, destacou a secretária adjunta de Licenciamento Ambiental e Recursos Hídricos da Sema, Lilian Santos, que representou a secretária Mauren Lazzaretti durante a solenidade.

Os equipamentos e veículos doados pela UHE Sinop foram recebidos pelo tenente coronel Rodrigo Eduardo Costa, comandante do BPMPA, e pela delegada Alessandra Saturnino, titular da Delegacia Especializada de Meio Ambiente.

“A Sema reconheceu nossas dificuldades e necessidades e intercedeu por nós no processo de licenciamento para que também fossemos contemplados dentro do Plano de Apoio Operacional”, agradeceu o comandante.

Sede nova

O Casarão do Parque Estadual Mãe Bonifácia irá abrigar a sede administrativa do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA). A entrega das chaves foi feita ontem (22), formalizando o acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente firmado em dezembro de 2019.

A partir da instalação da sede, o Batalhão irá atuar com atividades de educação ambiental, fiscalização e segurança da unidade de conservação que atualmente é um dos cartões postais de Cuiabá.

“Estou na Sema há 22 anos e lembro que o Batalhão sempre nos apoiou para proteger nossas vidas durante os trabalhos de campo. É uma honra recebê-los aqui neste espaço que já foi ocupado, demonstrando a integração entre os órgãos que lutam pela proteção do meio ambiente e qualidade de vida da população”, destacou Lilian Santos.

Para o Tenente Coronel Eduardo, comandante do BPMPA, a utilização do Casarão pelo Batalhão trará à corporação a oportunidade de promover a aproximação com a população, por meio das ações de educação ambiental e de proteção à unidade de conservação.

O Casarão, construção icônica em madeira, estava fechado para reforma. A manutenção foi feita por meio de recursos de compensação ambiental da empresa Matrinchã Transmissora de Energia, que liga Ribeirãozinho até Paranaíta.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS