10 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 09h:31 | Atualizado:

ALENCASTRO

Usuários aprovam estação climatizada em Cuiabá


Diário de Cuiabá

estacaoalencastro.jpg

 

Inaugurada há 30 dias, a primeira estação climatizada de Cuiabá tem a aprovação de boa parte dos usuários do transporte coletivo que desembarcam e embarcam diariamente ou frequentemente no local. Porém, há uma unanimidade quanto a necessidade de melhoria em todo o sistema, como a ampliação da frota, de novos ônibus, reforma dos abrigos já existentes e instalação de novas coberturas pelos bairros da capital. 

“Até agora (a estação) vem funcionando bem. Comparado ao que era antes é bem melhor. Protege a gente da chuva. O problema são os ônibus superlotados e os pontos nos bairros que estão bastante precários”, disse a auxiliar de serviços gerais, Luzinete Lourenço de Souza, 46 anos, que mora no Pedra 90 e desembarcou ontem no terminal. 

O vendedor João Paulo da Cruz Oliveira, 20 anos, também diz que não tem do que reclamar da nova estação. “Ficou agradável e mais confortável para nós passageiros. Têm painéis que avisam os horários dos ônibus e, ao contrário do que imaginava, não há tumultos”, avaliou. “O problema é a superlotação e os ônibus são desconfortáveis. Também acho que estão priorizando muito o Centro e deixando os pontos dos bairros muito a desejar. Precisam melhorar isso”, acrescentou o jovem, que mora no Residencial do Coxipó. 

De opinião semelhante tem a estudante Laura Fernandes, de 17 anos. “O ponto ficou bom. Agora, a gente tem que cuidar e a prefeitura fiscalizar para não deixar que danifiquem”, comentou. Ela também reforça a necessidade de melhorar os ônibus e os pontos localizados fora da região central. “Os ônibus não cumprem os horários e sem lotados”, completou. 

Longe do Centro, os terminais do CPA I e III, região do Grande Morada da Serra, são dois dos locais que os usuários cobram reforma. Nesses locais, alguns dos problemas relatados são falta de segurança e de limpeza, além da precariedade e mau cheiro nos banheiros. Em cada uma dessas duas estações, passam aproximadamente 100 mil pessoas diariamente. 

A assessoria de imprensa da Semob informou que assim que for concluído o mapeamento sobre as condições dos pontos localizados na região central da cidade, as paradas vão ser reformadas e receber novas coberturas. Já os terminais do CPA I e III serão reestruturados e passarão a funcionar no estilo da Estação Alencastro, que é climatizada. 

O levantamento começou há uma semana com intuito de levantar as condições dos pontos, o número de pessoas que param nos pontos e para elaborar um modelo mais adequado, que proporcione mais conforto ao usuário do transporte coletivo. Ao todo, mais de 20 agentes de trânsito estão empenhados na execução do trabalho. A meta é revitalizar 600 abrigos até o fim de 2018. 

Localizada na Avenida Getúlio Vargas, a Estação Alencastro foi inaugurada no dia 03 de janeiro passado. O espaço tem capacidade para receber até cinco mil passageiros por dia e conta com 150 placas solares, o que o transformou no primeiro ponto de ônibus climatizado da capital. O investimento foi de pouco mais de R$ 1 milhão. Na cidade, está prevista ainda a construção de pelo menos outros oito pontos climatizados, sendo um deles na Praça Ipiranga, Maria Taquara, Praça Bispo, entre outros. 



Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Philips | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 10h04
    3
    1

    E daí se o prédio da prefeitura ta caíndo? O povo não frequenta a prefeitura. O povo precisa, entre outra coisas, um transporte coletivo humanizado. Nego nem pega onibus e quer opinar. Em Curitiba os pontos são assim estilo estação alencastro e lá o transporte é referência. Nego reclama do valor da obra, mas pelo jeito prefere ficar no sol de 50 graus ou na chuva sem cobertura.... vai entender esse povo... verdadeiros espiritos de porco! Parabéns prefeito acho que pra começar ta bom e vai aprimorando nas outras. A região do CPA ta precisando desse modelo e ali nos pontos da Fernando Correa em frente ao antigo Comper na esquina do shopping, nos dois sentidos.

  • Maria | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 19h49
    6
    1

    Ficou muito boa. Mas como toda experiência é necessário ajustes. Por exemplo investir mais em pessoal treinado para lidar com o público que utiliza a estação; orientar os motoristas de ônibus que é necessário parar exatamente no local onde está a porta para embarque e desembarque. Aos poucos irá se ajustando.

  • Maria Joaquina | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 19h38
    3
    6

    Isso é debochar da nossa cara..1 milhão pra essa merda de obra...que com bem menos se fazia...um projeto mísero que não cabe nem 200 pessoas dentro ... E outra o prédio da prefeitura tá caindo...

  • Tobias | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 15h34
    10
    4

    Quem ta reclamando é pq não anda de onibus, ai fica fácil postar merda na comodidade de casa. A estação ficou ótima, um modelo a ser seguido... Se mudar os terminais do CPA 1 e 3 para esse mesmo modelo vai ser um grande salto no transporte coletivo de Cbá. Pq os atuais terminais são um verdadeiro lixão a céu aberto, já que toda a estrutura de metal esta apodrecida pela ferrugem, a cobertura quase ja não existe os banheiros podres e o calor é infernal.

  • rodrigo | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 12h20
    5
    13

    ridículo. tampou toda a praça.

  • Anna Arantes | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 10h21
    9
    15

    Para os deficientes físicos uma bela da PORCARIA onde ja se viu gastar mais de UM MILHÃO pra fazer essa PORCARIA. EP do dinheiro caindo do bolso tá certíssimo PÃO E CIRCO para esses BANDO DE OTÁRIOS.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS