07 de Dezembro de 2019,

Cultura

A | A

Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019, 09h:16 | Atualizado:

Museu de Arte Sacra de MT abre nova exposição temporária neste sábado

“Narrativa de Ficção” é o nome da nova exposição temporária do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso (MASMT). Em cartaz a partir deste sábado (23.11), a exposição segue até o dia 26 de janeiro, com horário de visitação entre 9h e 17h, sempre de quarta-feira a domingo.

Com obras da artista plástica Marly Silva, a exposição chama a atenção pela linguagem visual abstracionista. Representada em formas de grafismos geométricos, na maioria das vezes, as obras são desenhadas em nanquim, lápis comtè, grafite ou aquarela sobre papel.

“Uma exposição que transmite ideias e sensações por meio dos pontos que são utilizados na técnica do pontilhismo e variedade de composições em linhas. Conforme os traçados e posições, surgem formas, segundo a derivação imaginária da artista, que dão sentido a uma orientação espacial e de reconhecimento da imagem”, explica Viviene Lozi, cooredenadora do MASMT.

Marly Silva constrói uma narrativa ficcional própria e genuína de sua criação, apresenta uma estilização muito pessoal em suas composições, evidencia ora a linha clara ora a linha escura, vigorosa e viva, criando situações de contraponto entre fundo-forma, claro e escuro, luz e sombra.

“Nas obras criadas recentemente, destacamos um trabalho disciplinado e com muita sensibilidade nas formas que brincam com a noção de profundidade em desenhos abstratos e outros figurativos”, descreve Viviene.

Marly Silva, aos 64 anos, é uma artista inovadora e demonstra que não há limitações para o desenvolvimento de sua arte jovial que se renova constantemente.

“O interessante da sua arte, como representação abstracionista, vem da forma bidimensional ou tridimensional que possui uma flexibilidade de aplicação para outros suportes como camisetas e canecas que podem ser adquiridos durante a exposição. Todas as obras estão à venda e têm preço acessível para todos os gostos e bolsos”, conclui.

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso, o MASMT, foi fundado em 10 de março de 1980. Situa-se no prédio do Seminário Nossa Senhora da Conceição, uma edificação de estilo eclético de 1858 que fica ao lado da Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho, uma construção neogótica de 1918.

O passeio ao Museu de Arte Sacra de Mato Grosso já se torna interessante por sua importância arquitetônica, já que é considerado um dos mais importantes monumentos de estilo eclético que exibe combinações de elementos que podem vir da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica.

Ali foram reunidas diversas peças do período setecentista, remanescentes da antiga Catedral do Bom Jesus de Cuiabá, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora dos Passos, acervo pessoal do bispo Dom Francisco de Aquino Corrêa e peças adquiridas por doações particulares. Destaque para os famosos retábulos da antiga Catedral demolida em 1968 e a nova ala de instrumentos musicais da Igreja do Bom Jesus de Cuiabá do período colonial.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS