13 de Julho de 2020,

Curiosidades

A | A

Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 12h:00 | Atualizado:

13 DIAS INTERNADO

Delegado Bilynskyj recebe alta

armas31.jpg

 

O delegado Paulo Bilynskyj, 33 anos, recebeu alta nesta terça-feira (02/06), 13 dias após ser internado. Ele levou seis tiros, disparados pela então namorada, Priscila Delgado de Barros, 27, durante uma suposta briga do casal. A modelo morreu na hora, em 20 de maio. Uma das linhas de investigação da polícia é de que ela tenha cometido suicídio. Esta é a versão do delegado, mas o caso segue em aberto.

“Paulo recebeu alta médica e continuará os trabalhos de reabilitação, fisioterapia e o tratamento com antibióticos em casa. Está sob os cuidados do pai e do irmão e a partir de agora serão dias difíceis de readaptação e combate às dores por todo o corpo”. A informação consta em um perfil no Instagram, intitulado “O Projeto Policial”, que tem publicado boletins médicos do policial desde o dia do ocorrido.

Na redes social, foi publicada uma imagem de Paulo, sem camisa, com as marcas das cirurgias. Veja a postagem completa:

 

Investigações em andamento

A Polícia Civil e a Corregedoria da Polícia Civil ainda tentam desvendar o que aconteceu no apartamento do delegado naquele 20 de maio. As hipóteses giram em torno de: tentativa de homicídio seguida de suicídio; feminicídio; homicídio; e legítima defesa.

A versão contada por Paulo é que Priscila teria atirado seis vezes contra ele após ver uma mensagem da ex-namorada do policial no celular dele. Em seguida, a modelo teria se matado. Contudo, a marca de tiro, na altura do peito da modelo, é uma das questões que intrigam os investigadores.

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Jango | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 12h47
    2
    0

    Qual é o som do berrante mesmo?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS