03 de Abril de 2020,

Entrelinhas

A | A

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 10h:29 | Atualizado:

PEDIDO DE VISTAS

CNJ adia julgamento de Selma

selma-lavatoga.jpg

 

Um pedido de vistas interrompeu a conclusão do julgamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre reclamações disciplinares contra Selma Arruda, quando ainda atuava como juíza. O ministro Humberto Martins, relator do processo, entendeu que Selma não usou o cargo de magistrada para se promover politicamente, com vistas à eleição realizada em 2018.

A reclamação disciplinar foi proposta pelo ex-secretário de Administração do Estado, Francisco Faiad. A conselheira Candice Jobim foi a responsável pelo pedido de vistas.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Gustavo | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 14h57
    2
    3

    E brincadeira o que estão fazendo com a justiça não se discute se cumpra a decisão os caras querem ficar acima da lei o raça desgraçada

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS