20 de Novembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 20h:19 | Atualizado:

CONSELHEIROS

Ministro promete decisão em breve

raul_araujo.jpg

 

Ao participar de um evento sobre recuperção judicial em Cuiabá nesta sexta-feira, o ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Raul Filho, afirmou que decidirá em breve um recurso de cinco conselheiros afastados do Tribunal de Contas do Estado que pedem retorno aos cargos. Os conselheiros estão fora das funções há mais de dois anos acusados de cobrarem propina de R$ 53 milhões do ex-governador Silval Barbosa (sem partido) sem que até hoje tenha sido concluído o inquérito policial.

Questionado sobre o assunto, Raul Filho explicou que sua decisão deve ocorrer ainda neste ano com base nas investigações realizadas até agora. "O processo está em andamento e certamente teremos novidades no sentido correto em breve, que é aquele que resulta no que constar nos autos", disse.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • José | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 10h01
    2
    2

    Quem vai devolver os 53 milhões da propina delatado por sival Barbosa que declarou ter pago aos con$$$$elheiros afastados do TCE ( seria o fim da picada se esses con$$$elheiro$ voltarem aos cargos)

  • Clara | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 08h28
    3
    0

    Um agravo regimental levar mais de 2 anos p ser julgado? Todo acusado merece um posicionamento do Poder Judiciário, seja favorável ou não.

  • Djuca Paletó | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 21h38
    5
    4

    Depois da decisão do STF ficou claro que quem manda no Brasil são os ladrões, traficantes, assassinos etc.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS