03 de Julho de 2020,

Entrelinhas

A | A

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 12h:36 | Atualizado:

UTIS EM CUIABÁ

MPE recebeu denúncia há 15 dias

mpemt.jpg

 

A representação feita pela Procuradoria Geral do Estado no MPF, questionando onde foram parar os R$ 41 milhões que a Prefeitura de Cuiabá recebeu para o combate ao coronavírus, não é nenhuma novidade para o Ministério Público Estadual (MPE). As irregularidades envolvendo a falta de transparência sobre os supostos leitos reservados pela Prefeitura em relação à covid-19 – dos quais 40 foram excluídos mesmo após o pagamento para custear - já havia sido noticiada pela Secretaria de Estado de Saúde ao MPE no dia 12 de maio.

Durante esse tempo, aparentemente o órgão que tem como missão defender o interesse público, nada fez, mesmo após a SES ter sido impedida de verificar in loco a situação dos leitos. Agora resta esperar se o MPF terá uma postura diferente e investigará a fundo a denúncia.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Edmilson rosa | Sábado, 30 de Maio de 2020, 09h18
    0
    0

    Nada contra o prefeito emanoel palito e feito no ministério público estadual acho que emanoel colocou ele no palito.

  • Walter liz | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 14h34
    7
    1

    estão bem mais preocupados com o tal vale remedio de 1.000 reais

  • Pacufrito | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 13h38
    10
    2

    MPE esta contaminado, é um mar de incompetência. Encher o s a c o de quem quer trabalhar eles faz, mas fazer o serviço deles de investigar políticos corruptos eles não fazem.

  • Bruna | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 12h59
    8
    2

    Claro que não fez, o comando é ligado ao prefeito .....

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS