11 de Julho de 2020,

Entrelinhas

A | A

Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 11h:43 | Atualizado:

VAGA NO TJ

OAB adia reunião para mudar regra

tjmt.jpg

 

O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) adiou a reunião que seria realizada nesta segunda-feira (25) para analisar a proposta que altera os critérios de indicação em lista sêxtupla, de advogados que devam integrar os tribunais judiciários e administrativos. Não há uma nova data para a reunião.

A proposta mexe diretamente com os advogados de Mato Grosso, já que uma vaga para o Quinto Constitucional da Ordem deve ser aberta nos próximos dias.

A OAB será responsável por uma lista sêxtupla de advogados que será enviada ao Tribunal de Justiça. Essa lista será enviada ao Tribunal de Justiça, que reduzirá a indicação a três nomes que irão para análise do governador do Estado. Caberá ao chefe do Executivo indicar o novo membro do Judiciário oriundo da classe dos advogados.

Nos bastidores, a alteração, caso seja confirmada, beneficiaria diretamente o advogado Ulisses Rabaneda. Membro do Conselho Federal da Ordem, ele não estaria apto a disputar a vaga no Judiciário. Caso ocorra a alteração, Rabaneda desponta como um dos favoritos a compor o Judiciário pelo Quinto Constitucional da OAB.

 

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Gilmar Alves silveira | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 08h59
    3
    2

    É desta forma que os juízes dos tribunais são escolhidos. Depois o povo espera por justiça. Como já disse e reafirmo, não existe justiça, o que existe são interesses. Quem quer justiça que faça a sua.

  • Oliveira | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 08h20
    7
    2

    Mudar a regra nitidamente para favorever um único advogado? Sei não, mas tem aparência, cheiro de dinheiro e outras coisas no meio. Parabéns OAB/MT. Outra casa dos Horrores.

  • Carlos | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 23h32
    8
    2

    Essa OAB já passou do limite do razoável . Quem manda lá é o Faiad e vai colocar seu afilhado político . Casa dos horrores fez escola .

  • Advogado | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 17h39
    9
    2

    Primeiramente a OAB não pode e não deve apoiar descaradamente nenhum advogado! Respeito o Ulisses pela sua competência, mas deve haver uma imparcialidade por este órgão. Em segundo lugar, mudar a regra no meio do jogo para favorecê-lo é menosprezar a inteligência de toda a classe e, no meu entendimento, já é um mau começo para um cargo que exige uma conduta ilibada, ética. Enfim, tudo o que falei aqui são palavras ao vento, pois o cenário já está claro.

  • Analista Político | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 12h17
    12
    1

    Como assim Favorito? Favorito da OAB, isso? E os outros da lista? Quem escolhe é o Governador do Estado através de uma listra tríplice. O Governador nomearia um ex advogado do Silval?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS