17 de Fevereiro de 2020,

Entrelinhas

A | A

Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 19h:54 | Atualizado:

DIA DA VERDADE

STJ decide sobre conselheiros dia 05

stj.jpg

 

O Superior Tribunal de Justiça confirmou que fará no dia 05 de fevereiro, às 14h00, o julgamento dos recursos dos conselheiros afastados do Tribunal de Contas de Mato Grosso. O relator é o ministro Raul Araújo Filho, que fará a análise individual sobre a situação de cada um dos afastados.

Estão fora do TCE os conselheiros José Carlos Novelli, Antônio Joaquim, Valter Albano, Waldir Teiss e Sérgio Ricardo. Eles foram acusados pelo ex-governador Silval Barbosa (sem partido) de cobrar cerca de R$ 50 milhões de propina para não fiscalizarem as obras da Copa do Mundo de 204.

Em setembro de 2014, eles foram afastados do cargos. Após mais de dois anos, eles sequer foram denunciados pelo Ministério Público Federal.

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Gabriel | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 06h43
    0
    0

    Tem que voltar,sim. Os que estão aí são piores só que amigos do dono da rapadura. Simples assim.

  • Antonio Carlos | Domingo, 26 de Janeiro de 2020, 18h23
    2
    2

    Deus me livre..sumam com esses conselheiros aqui de mato grosso!!os caras não fiscalizaram a obra do VLT de 1 bilhão e 200 milhões e o ex governador de MT ainda delação premiada dele ele revelou que os conselheiros afastados todos receberam propima!!!eh óbvio que receberam que eles se quer se manifestaram e deixou essa roubalheira absurda.

  • Ricardo | Domingo, 26 de Janeiro de 2020, 06h46
    4
    3

    A classe produtiva não suporta mais produzir pra pagar esses altos salários para corruptos como esses conselheiros afastados por roubo os juízes desembargadores são todos farinha do mesmo saco. Tenho vergonha de ser brasileiro.

  • José | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 21h49
    10
    3

    Depois que juízes mandaram soltar o líder do PCC eo líder do CV não seria surpresa se os conselheiros afastados do TCE voltarem aos cargos até o ladrão mor tá solto?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS