18 de Outubro de 2019,

Esporte

A | A

Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h:00 | Atualizado:

TRAGÉDIA AÉREA

Heroi, goleiro Danilo não resiste e morre

danilochapecoense.jpg

 

O goleiro Danilo, herói da classificação da Chapecoense na semifinal da Copa Sul-Americana, é uma das vítimas fatais do acidente aéreo com a delegação do time catarinense. 

A tragédia ocorreu na madrugada desta terça-feira (29), na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia. A informação é da Cruz Vermelha.

Danilo foi resgatado com vida, mas faleceu no hospital. As autoridades colombianas confirmaram a morte de 76 pessoas no acidente aéreo com a delegação do time catarinense. Ainda não há confirmação oficial do nome das outras vítimas.

O arqueiro vivia a melhor fase da carreira. Durante as oitavas de final da Copa Sul-Americana, Danilo defendeu quatro cobranças de pênaltis na decisão contra o Independiente-ARG.

Na semifinal, o goleiro salvou a Chapecoense no último minuto do jogo contra o San Lorenzo, ao evitar um gol argentino em cima da linha. O empate por 0 a 0 na ocasião levou o time de Santa Catarina à final da competição.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS