31 de Maio de 2020,

Mundo

A | A

Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h:00 | Atualizado:

Enem 2014: 1º dia teve morte, atrasos e questões sobre datas comemorativas

O primeiro dia de provas do Enem 2014 (Exame Nacional do Ensino Médio) foi marcado pela morte de uma candidata e o desespero de muitos estudantes atrasados. Quanto às questões, os professores acharam que o exame exigiu domínio do conteúdo e boa interpretação dos candidatos.

No sábado (8), os candidatos fizeram as provas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de 4h30. Neste domingo (9), serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. São mais de 8,7 milhões de inscritos.

Em Olinda (PE), a candidata Edvânia Florinda de Assis, 31, morreu minutos depois de entrar no Colégio Santa Emília, no bairro de Jardim Atlântico, onde realizaria a prova. Segundo laudo do IML (Instituto Médico Legal), ela foi vítima de um edema agudo pulmonar.

Em São Paulo, um candidato de 34 anos desmaiou na escadaria de um colégio por não ter conseguido passar pelos portões da instituição a tempo de fazer a prova do Enem. Eliésio Pereira Júnior, 34, correu, mas chegou com alguns segundos de atraso e foi barrado na portaria. Eliésio foi socorrido por enfermeiras do colégio, que comprovaram que sua pressão estava baixa. Pouco tempo depois, o candidato foi reanimado e voltou ao normal.

Neste sábado, 65 candidatos foram eliminados por usarem celular durante o exame. Fotos de supostos cadernos de prova foram publicados nas redes sociais durante o dia. O uso de celulares e de outros equipamentos eletrônicos durante a realização do exame é proibido. Segundo o MEC (Ministério da Educação), foram usados mais de 17 mil detectores de metal para identificar equipamentos eletrônicos.

O primeiro dia de provas também foi marcado pelos atrasos. Teve candidata que chorou, grávida que pulou o muro de escola e marido querendo derrubar portão. Em Brasília, duas candidatas que chegaram atrasadas pularam o muro e foram eliminadas do exame.

De acordo com as regras do Enem, quem perdeu a prova no sábado poderá fazer a prova neste domingo, quando o exame começa às 13h (horário de Brasília). Apenas um dia de prova, no entanto, poderá não ser suficiente para que sejam aprovados em programas como o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e Prouni (Programa Universidade para Todos).

Prova complexa

Os professores de cursos pré-vestibulares ouvidos pelo UOL disseram que o primeiro dia de provas do Enem 2014 teve boa diversidade de temas e cobrou dos candidatos uma combinação de conhecimento e boa interpretação.

Temas como os 100 anos da Primeira Guerra Mundial, os 50 anos do Golpe Militar, Comissão da Verdade, a Revolta do Vintém e a crise hídrica marcaram algumas das questões da prova.

Segundo os entrevistados, as provas de física e química foram bem conceituais e praticamente não tiveram contas. Já na área de biologia, os professores ouvidos afirmaram que a prova valorizou assuntos do cotidiano, com temas como evolução, células-tronco, cordão umbilical, vacinas e meio ambiente.

Para os professores do Objetivo, uma questão de ciências da natureza não apresenta dados compatíveis com a possível resposta.

O UOL e o Curso e Colégio Objetivo realizaram neste sábado a correção comentada do primeiro dia de prova. Neste domingo, a correção online começa a partir das 19h.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS