21 de Setembro de 2019,

Mundo

A | A

Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 19h:10 | Atualizado:

CRUELDADE

Jogador reclama de assédio a namorada e morre

ewerton.jpg

 

O jogador de futebol Ewerton Rodrigues morreu após ser esfaqueado, nesta sexta-feira (13), em Bertioga, no litoral de São Paulo. Após ver a namorada sendo assediada por outro homem, ele e os amigos atacaram o agressor. Após ser agredido, o suspeito voltou ao local do crime e matou o atleta a facadas. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi preso em flagrante.

De acordo com testemunhas ouvidas pelo G1, o jogador estava com alguns amigos e com a namorada dele em uma tabacaria em Bertioga. De repente, um homem teria 'passado a mão' na jovem na frente do rapaz. Os amigos do jogador teriam agredido o suspeito e o jogado dentro de um canal que fica perto do local.

Depois de ser agredido, o homem foi até a padaria localizada na avenida 19 de Maio. Ele pegou uma faca e ameaçou o grupo. Em seguida, foi para cima do jogador e acertou uma facada nele. Ewerton chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ewerton tinha 21 anos e era morador de Bertioga. Atualmente, ele atuava na categoria sub-23 do Esporte Clube Rio da Praia. Fundado em 1964, o Rio da Praia é um dos clubes de futebol mais importantes de Bertioga e já disputou dezenas de campeonatos. No fim da manhã desta sexta-feira, o clube emitiu uma nota nas redes sociais.

"O dia amanheceu cinza para a nação azul. Faltam palavras para descrever o que todos estamos sentindo nesse momento. Nosso atleta do sub-23 Ewerton Rodrigues foi morto nessa madrugada. Toda a força do ECRP para os familiares e amigos! Luto", diz a nota emitida pelo clube.

Segundo a Polícia Civil, o autor do crime foi preso após o homicídio, mas sua identidade ainda não foi divulgada. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Bertioga.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS