18 de Outubro de 2019,

Mundo

A | A

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2014, 07h:18 | Atualizado:

Mulher afirma ter matado mais de 20 pessoas nos EUA

Uma mulher detida na Pensilvânia pelo assassinato afirmou ter matado mais de 20 pessoas em vários estados americanos, informa neste domingo a reportagem de um jornal local.

Miranda Barbour, de 19 anos, disse ao jornal Daily Item de Sunbury, Pensilvânia, que esfaqueou até a morte sua mais recente vítima, um homem de 42 anos, em novembro passado.

Ela contou que conheceu sua vítima através do site Craigslist e que concordou em fazer sexo com ele por cem dólares, mas depois o matou com a ajuda de seu marido.

"Eu me lembro de tudo. É como ver um filme", comentou.

Barbour e seu marido, Elytte Barbour, foram acusados pelo assassinato do homem e estão presos em locais diferentes.

A mulher, no entanto, afirma que esta morte é apenas uma de uma série de assassinato que cometeu ao longo dos anos, do Alasca ao Texas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS