07 de Abril de 2020,

Opinião

A | A

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 08h:10 | Atualizado:

Lício Malheiros

‘Palhaço Bozo’

Lício Malheiros.jpg

 

Em nosso país, três coisas são praticamente desnecessárias discutirmos, em função da complexidade e compreensão  das mesmas,  são elas: Política, Religião e Carnaval.

Porém, em dado momento tal situação  torna-se insustentável, pois algumas pessoas despreparadas, desqualificadas, no afã de ganhar visibilidade ou  mesmo defender suas ideias políticas partidárias, acabam misturando as três coisas, de forma desnecessária, desagradável e em dados momentos desrespeitosas.

Neste Carnaval, não foi diferente, não podemos generalizar, alguns enredos foram interessantes, outros na verdade, foram usados de forma, maldosas e desnecessárias, para denegri imagens, macular pessoas de bem e por ai vai.

Uma Escola de Samba do Rio de Janeiro, no quesito ataque a um Governo que se inicia no país, e que vem apresentando bons dividendos, através de política séria e austera, cortando mordomias, tirando as tetas da boca de milhares de pessoas  e grupos, que há décadas vinham mamando, principalmente através da Lei de Incentivo à Cultura, Lei Rouanet.

Essa escola foi o-concur, na tentativa de desqualificar um governo sério, austero preocupado em corrigir as gritantes desigualdades sociais, econômicas e políticas; através das mazelas deixadas pelos  Governos anteriores.

Reporto-me, a Escola de Samba do Rio de Janeiro, Vigário Geral, com a imagem do “Bozo presidente” e o que é pior, ostentando a faixa presidencial, como se o mesmo impusesse uma arma, tendo como tema, o “O conto do vigário”.

É triste ver, ao ponto que o ser humano consegue chegar, para tentar impor uma pseuda ideologia partidária, goela abaixo.

O Presidente Jair Messias Bolsonaro, recebeu de forma espontânea, na última quarta-feira um vídeo que ele usou nas redes sociais e o compartilhou,  com uma  mensagem enviada, pelo ex-humorista Wanderley Tribeck, que ficou conhecido por interpretar o palhaço Bozo.

Nas imagens, Bozo, que se tornou evangélico e pastor, elogiou o mandatário. Ele disse que tem orgulho da comparação com Bolsonaro, e não poderia ser diferente, pois o Bolsonaro além de estadista, está realmente preocupado com o destino do país, pelas mudanças por ele implementadas.

Agora, para aquelas pessoas que  mamavam de forma exacerbada  nas tetas dos governos anteriores, com certeza, sentiram na pele as medidas implementadas por ele, e sua valorosa equipe de Governo.

Paradoxalmente a tudo que foi dito em nome do Presidente Jair Messias Bolsonaro.

Algumas escolas de samba extrapolaram em gênero número e grau, fazendo elogios rasgados, a traficantes, bicheiros, presidiários, feministas até o satanás foi elogiado, a que ponto chegamos.

Em nosso país, infelizmente as inversões de valores, são latentes e sentidas por todos, principalmente, quando o tema diz respeito à retidão de caráter, honestidade, respeito, e o que é pior, a tentativa exacerbada em querer, descaracterizar um Governo que vem tentando mudar os rumos da nossa combalida política; durma-se com um barulho desses.  

Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo   

 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Anderson Siqueira | Sábado, 29 de Fevereiro de 2020, 10h55
    0
    0

    Concordo plenamente com seu posicionamnte professor Lício, parabéns pelo belo artigo.

  • Izac | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 14h21
    0
    1

    Excelente artigo. Perderam a teta e agora estão bravinhos. Infelizmente elogiam traficantes, bicheiro e até o diabo . Por aí se vê o nível dessas pessoa.

  • Amanda Duarte | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 14h12
    2
    1

    Esse Governo vive de polêmicas inúteis que servem de cortina de fumaça para retirada de Direitos Sociais, pois não mexeu em uma agulha das mordomias dos mais abastados. Enfim, é um Conto do Vigário mesmo.

  • Vitelmir | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 09h20
    2
    1

    Otimo artigo, mostrou bem como conseguiram acabar com o pais em 16 anos de governo, agora querem culplar o bolsonaro por isso

  • Ocelo | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 09h16
    2
    1

    Ótimo artigo muito bom pra nois nos refletir sobre as políticas praticadas sobre imagens e a enfluenciada pode ter uma repercussão boas ou negativas

  • Mato-grossense | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 09h08
    2
    1

    Gostei do artigo, muito bem explicitado, temos que mudar este paiis.

  • Ocelo | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 09h06
    2
    1

    Ótimo artigo muito bom pra nois nos refletir sobre as políticas praticadas sobre imagens e a enfluenciada pode ter uma repercussão boas ou negativas

  • Rafael | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 08h33
    4
    1

    O autor do texto está de parabéns pela sensatez e lucidez do pensamento expressado!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS