11 de Dezembro de 2019,

Polícia

A | A

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2014, 14h:14 | Atualizado:

TRAGÉDIA NO AR

Avião de grupo empresarial cai no interior de Mato Grosso e mata duas pessoas


Da Redação

aviao

 

Um avião monomotor, prefixo PR-VOP, caiu agora há pouco entre as cidades de Barra do Bugres e Alto Paraguai. Segundo informações obtidas na Infraero (Infraestrutura Aeroportuária Brasileira), a aeronave pertence ao Grupo Canopus, concessionária das motos Honda em Mato Grosso.

As duas pessaos que estavam dentro do avião dentro do avião morreram. O passageiro da aeronave é o produtor agropecuário Luiz Roberto Gonçalves, 55 anos, ex-vice-prefeito de Nova Olímpia. Em 2012, ele concorreu a prefeitura, mas acabou derrotado, obtendo cerca de 3,5 mil votos. Gonçalves

Moradores do assentamento da Ema, em Barra do Bugres, informaram que o avião explodiu no ar. "Os moradores disseram ter visto o avião e logo em seguida ouviram um estrondo. Nisso, a asa do avião se soltou e ele caiu de bico; no chão", contou o sargento da PM, Marivaldo Magalhães, ao site Barra do Bugres News.

O piloto do avião foi identificado como Edivaldo Martins Ferreira, conhecido como "Cowboy". 

Neste momento, o Corpo de Bombeiros e a Polícia local encontram-se na região onde a aeronave caiu para fazer a remoção dos corpos. Ainda não se tem os motivos que levaram a queda do monomotor.

Segundo informações obtidas no local do acidente, o avião seguia de Sinop para a cidade de Mineiros, em Goiás, onde Luiz Roberto Gonçalves tem negócios empresariais. 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS