13 de Agosto de 2020,

Artigos

Polícia

A | A

Segunda-Feira, 29 de Janeiro de 2018, 10h:01 | Atualizado:

ESFORÇO

Chapada receberá força-tarefa na segurança pública

chapadaaudiencia.jpg

 

O que é bom pode e deve ser melhorado. Partindo desse pressuposto é que foi realizada em Chapada dos Guimarães uma audiência pública, organizada por uma comissão de moradores intitulada Amigos da Cidade Melhor. O principal objetivo foi debater a ação contínua das polícias na cidade turística. O evento contou com a participação do secretário Estadual de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), Gustavo Garcia, a prefeita Thelma de Oliveira, promotor de justiça Leandro Volcko, representantes da Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil. 

A população, que se reuniu no auditório do Ministério Público, elogiou, em diversos momentos, as polícias Militar e Judiciária Civil. Mas houve também solicitação de investimentos em ações para diminuir os índices de roubos (quando há violência ou ameaça) e furtos (sem ameaça ou violência).

O secretário estadual Gustavo Garcia ressaltou que vai determinar uma análise criminal para direcionar a atuação das polícias. “A Segurança Pública é prioridade para o governador Pedro Taques. E o governo do estado vai potencializar os esforços, tanto em Chapada quanto em outros municípios”, detalhou Gustavo Garcia.

Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Vieira da Cunha, desenvolver ações conjuntas entre as forças é um dos caminhos para o bom resultado. “O sistema de segurança pública tem como objetivo levar segurança para os cidadãos”. Cunha ainda enfatizou a necessidade de dar voz aos moradores. “A população ajuda no planejamento que é realizado pelas polícias”.

Integrante da comissão de moradores Amigos da Cidade Melhor, Rosângela Maria Pedroso, que é juíza aposentada, destacou que a população deseja mais segurança, pois ocorrem roubos e furtos no município. Mas ela frisou o bom trabalho desenvolvido pela Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil. “A comunidade sempre vai apoiar a Segurança Pública. Estamos com a melhor Polícia Militar e Polícia Civil do país”, avaliou.

O diretor-geral da Polícia Judiciária Civil, Fernando Vasco Spinelli, se comprometeu a enviar, de forma provisória, um delegado com equipe para que seja realizada uma força-tarefa na cidade turística. “Essa força tarefa vai, por exemplo, ajudar a identificar autores de crimes cometidos em Chapada dos Guimarães”, explicou.

Para garantir a atuação do delegado e equipe prometida por Spinelli, o secretário Gustavo Garcia se comprometeu a liberar as diárias necessárias aos servidores. Durante a audiência pública o delegado-geral ainda anunciou que uma viatura vai ser enviada ao município.

Entre as ações desenvolvidas pela Sesp, o secretário destacou as operações Bairro Seguro, realizadas simultaneamente todos os meses nos 141 municípios de Mato Grosso pelas forças de Segurança Pública. “São ações preventivas e repressivas desenvolvidas de forma integrada”, pontuou.

O promotor de justiça da comarca de Chapada dos Guimarães Leandro Volcko destacou a importância da população se mobilizar e pedir por melhorias em infraestrutura e segurança pública. “Com 13 anos de carreira é a primeira vez que vejo todas as autoridades reunidas em uma audiência pública”.

Os moradores ainda reivindicaram iluminação pública e limpeza de terrenos baldios. “Vamos abrir um processo licitatório para trocar a iluminação pública e fazer o geoprocessamento para mapear os terrenos e assim identificar os proprietários”, disse a prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira.

A prefeita ainda garantiu que o executivo municipal vai limpar os terrenos baldios que forem elencados pela comissão de moradores como prioritárias. “A Prefeitura de Chapada dos Guimarães será parceira e os secretários municipais vão ser envolvidos nas ações”, afirmou Thelma de Oliveira.



Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ANTÔNIO PADILHA DE CARVALHO | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 12h53
    0
    0

    A cidade está tomada de bêbados, pedintes e drogados... não se pode caminhar tranquilamente, pois o assédio é sistemático.

  • ANTÔNIO PADILHA DE CARVALHO | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 08h38
    1
    0

    A cidade está tomada de bêbados, pedintes e drogados... não se pode caminhar tranquilamente, pois o assédio é sistemático.

  • \luis Chapada | Segunda-Feira, 29 de Janeiro de 2018, 10h23
    13
    0

    A matéria não ressaltou mas há uma convicção na comunidade local de que a grande maioria dos furtos que ocorrem em Chapada são praticado por um grupo de cerca de 10 a 15 marginais que abastecem receptadores de Cuiabá e Campo Verde. Esses indivíduos também se beneficiam da ação de dependentes químicos (noiados). Uma ação de inteligência da Policia Civil com apoio de disk denuncia e posicionamento mais severo durante as audiências de custódia desses meliantes já ajudariam de mais para melhorar a atual situação que é realmente grave no atual momento. Contamos com o cumprimento da palavra e o empenho das autoridades e a colaboração da população.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS