14 de Agosto de 2020,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 16h:24 | Atualizado:

Comerciantes fecham lojas para protestar contra série de roubos em Campo Verde

Cerca de 50 comerciantes de Campo Verde, a 139 km de Cuiabá, fizeram um protesto nesta sexta-feira (9), em frente a prefeitura do município para cobrar mais policiamento e segurança na região central. Os lojistas reclamam que nos últimos dois meses várias lojas foram furtadas. Algumas delas foram roubadas mais de uma vez e os criminosos levaram tudo que tinha no estabelecimento.

O comerciante Léo Tonkelski conta que de dezembro até agora mais de 10 lojas já foram invadidas. As ações ocorrem sempre durante à noite. 

Segundo ele, os criminosos não foram identificados e ninguém foi preso, o que aumenta ainda mais a sensação de insegurança. "Pedimos que a prefeitura nos ajude, estamos perdendo todas as nossas mercadorias”, cobrou.

A delegada da Polícia Civil Anamaria Machado da Costa, que atua em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, disse que uma ação conjunta será realizada na delegacia de Campo Verde para identificar se a quadrilha está agindo nas duas cidades.

Ela disse que as investigações apontam que os criminosos não são da cidade. "Eles vêm, cometem os crimes e vão embora”, afirmou.A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que está ciente das reivindicações dos comerciantes de Campo Verde e que as providências já estão sendo tomadas. Nos próximos dias, o policiamento da cidade será reforçado, de acordo com a pasta.

A Polícia Civil conta com cinco escrivães, 11 investigadores e um delegado na equipe. O aumento no efetivo policial da cidade deve acontecer após a realização de concurso para os cargos de escrivão e investigador. O edital ainda não foi publicado.



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS