01 de Junho de 2020,

Polícia

A | A

Sábado, 23 de Maio de 2020, 11h:22 | Atualizado:

FLAGRANTE

Empresário alvo da Defaz é preso com arsenal em aeroporto em MT

Eder Pinheiro não tinha autorização para transportar armas; ele foi solto após pagar fiança de R$ 5 mil

9aa628d33da5fb846bb7278b958824ae.jpg

 

O empresário Éder Pinheiro, dono da empresa Verde Transportes, foi detido nessa sexta-feira (22) pela Polícia Federal, no aeroporto de Sinop (a 478 km de Cuiabá). Ele estava transportando diversas armas de fogo.

Segundo informações, o empresário estava com quatro espingardas e uma pistola em um avião de sua propriedade.

Ele foi encaminhado até a Delegacia Federal do município, onde prestou depoimento.

Apesar do armamento estar registrado seu nome, Éder não estava com a documentação necessária para fazer o transporte do armamento.

Após depor, o empresário pagou uma fiança no valor de R$ 5 mil e foi liberado.

OPERAÇÃO ROTA FINAL

Éder Pinheiro é alvo na Operação Rota Final, que foi deflagrada pela Delegacia Fazendária (Defaz), em abril de 2018. A operação apura fraudes no sistema de transporte intermunicipal do Estado.

Ele é acusado de participar de um esquema de propina para beneficiar empresas que já operavam no sistema de transporte no Estado. O objetivo era manter os contratos precários e adiar a licitação para o sistema.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Fudencio | Sábado, 23 de Maio de 2020, 18h47
    0
    0

    Bolsominions podem andar com arsenal para entregar para as milicias...afinal são milicianos.

  • Almir Marcos | Sábado, 23 de Maio de 2020, 17h34
    4
    2

    Verde Transportes entra com pedido de "recuperação judicial", mas o "dono" não se desfaz dos bens supérfulos como um avião! Provavelmente é mais um daqueles empresários bolsonaristas que dizem "o povo vai passar fome se essa quarentena não acabar", mas não vende o avião, a lancha o carrão!

  • Lucas | Sábado, 23 de Maio de 2020, 13h08
    4
    6

    Uai, isso é o reflexo das medidas do BOZO. ELE QUER O POVO ARMADO, SÓ ESQUECEU DE DIZER QUE Só os ricos e milicianos poderão adquirir armas, e os pobres de direita serão os alvos.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS