03 de Julho de 2020,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 07h:27 | Atualizado:

LUTO NA CASERNA

Força Tática confunde soldado da PM com ladrão; atira e policial morre em Cuiabá

Soldado Azevedo abordava suspeitos; equipe da Força Tático viu que ele estava armado e atirou


Da redação

WhatsApp Image 2020-05-29 at 06.35.57.jpeg

 

O soldado Ricardo Ferreira de Azevedo, policial do setor de Inteligência da Cia Centro, foi baleado por um tenente da Força Tática da Polícia Militar nesta quinta-feira (28), na avenida do CPA, em Cuiabá. Ele não resistiu e morreu no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Conforme as informações repassadas pelo Subtenente Pantaleão, o policial estava realizando o acompanhamento de uma motocicleta suspeita. Por trabalhar no setor de Inteligência, ele não anda fardado.

"Estava havendo um acompanhamento da Rotam a uma motocicleta, e o pessoal da inteligência fez a abordagem no posto Idasa. Durante a abordagem, uma guarnição da Força Tática visualizou e nisso efetou o disparo que acertou o policial", disse.

Ele abordou os suspeitos num posto de combustível localizado no entrocamento das Avenidas do CPA, Mato Grosso e Prainha. A equipe da Força Tática avistou a abordagem e percebeu que o policial estava armado, mas não sabia que se tratava de um PM a paisana.

Então, um disparo foi realizado e atingiu o soldado, supostamente na região pélvica. Somente após ele estar ferido, que os policiais da Força Tática perceberam que se tratava de um PM.

Ele foi socorrido e levado para o HMC. Azevedo ainda passou por uma cirurgia de emergência, mas não resistiu e morreu.

Ele deixa esposa e três filhos.

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (37)

  • André | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 16h21
    5
    2

    Não tem desculpa não. Vão com tanta ânsia pra depois aparecerem como celebridades em programas policiais, que mataram um inocente e ainda ficaram de costas para o suspeito. Um policial bem preparado, saberia ler a situação e só atiraria se tivesse tido a arma apontada pra ele. Só tirar da cintura não é motivo para atirar. Quem conhece sabe do que eu estou falando. Ficam loucos para aparecer na TV. Apesar disso, merece uma defesa justa. Mas que pague na medida certa. Fico triste por ele, não deve estar nada bem, coitado. Mas merece punição. E sinto pela família do policial, sobretudo a esposa e filhos. Triste.

  • Revoltado | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 13h49
    13
    1

    Esse são os especializado, q tem instrução, educação física e estão no stand d tiros sempre, consideram melhor q o convencional,

  • Mara | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 11h25
    8
    5

    E agora qual a desculpa que vão dar? e outra, será que foi por engano mesmo? ou o policial morto viu algo que não podia ver e acabou sofrendo queima de arquivo.

  • Júnior | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h47
    11
    1

    Despreparo total Punição severa governador

  • JOSIVAN | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h43
    7
    1

    A falta de preparo da policia no brasil é muito grande, por isso vivemos sem saber quem é quem nesse país das maravilhas...lamentável meus sentimentos a fámilia

  • Mario | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h12
    8
    4

    UAI.....EU ACHEI QUE INVESTIGAR,SERVICO DE INTELIGENCIA ERA FUNCAO DE INVESTIGADOR DA POLICIA CIVIL!!!! BORA VER O QUE O MP E A JUSTICA IRA FAZER......

  • Membro do PCC | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h11
    1
    19

    CPF cancelado.

  • Victor F | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h07
    2
    12

    É muito fácil julgar, sentado atrás de um computador ou deitado com o celular na mão. Porém quem está no dia a dia, no front, fazendo a segurança da população tem milésimos de segundos para tomar uma decisão de agir dentro da lei. No Brasil vivemos em guerra urbana, uma das maiores taxas de homicídio e violência no mundo. Se engana quem pensa ao contrário. Não existe preparo policial para o perfeccionismo. Se essa tragédia aconteceu não é culpa do policial que atirou e não é culpa do policial que estava à paisana e sim de todo um sistema falido que deixa esses policiais à mercê de criminosos que se você der uma oportunidade eles tiram a sua vida. Quem não está com o calçado sujo de lama da batalha não tem o direito de julgar. Pelo contrário, aproveite a pouca liberdade que ainda possui justamente por causa desses policiais que são a última barreira contra o caos e a violência. Por fim, uma fatalidade inerente a quem está na guerra diariamente. Que Deus conforte o coração da família e dos companheiros envolvidos.

  • Mauro Mendes | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h01
    8
    4

    OLHA ESSA HISTORIA TA MAL CONTADA HEIM, TEM COISA AI QUE NÃO TA BATENDO SÓ O TEMPO PRA DESCOBRIR SERÁ QUE NÃO É RINCHA DE SOLTADO, POR QUE TEM UM MONTE DE POLICIA QUE NÃO GOSTA DE OUTROS POLICIAIS

  • MARCOS BAIANO | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h59
    6
    1

    muito triste a falta de preparo de alguns policias que se acha o Super homen com arma na mão !!!! quero deixar meu ponto de vista não são todos pois conheço profissional competente que trabalha na segurança publica que vc nem fala que é policial !!! mais infelizmente tem alguns cidadão que envergonha a corporação com algumas atitude como essa despreparo. deixo pesar a família que deus conforte o coração da família. vcs não vê essa situação na policia FEDERAL NO BOPE !!! TRISTE

  • Vergonhosa | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h58
    11
    0

    Lembram do TENENTE DO BOPE????A PM precisa com urgência apurar e preparar melhor a sua tropa,pois chega de inocentes serem mortos por seus par.LAMENTAVEL

  • The Contender | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h52
    10
    0

    o filho dele perguntará: mãe papai trabalhava de que?? polícia. ele morreu como: morto pela polícia.. Polícia matando Polícia.. vai entender a vida

  • Sebastião Claudiney Sonaque | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h41
    8
    2

    Essa é a verdadeira cagada

  • Francisco | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h31
    5
    1

    Quem publica essa matéria sabe a diferença de troca de tiro pra quando há apenas um disparo. Que burros Véio, até uma criança sabe escrever melhor que isso.

  • Lucas | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h22
    8
    1

    Cara, fui investigador de polícia, e vi que aquilo não era p mim, eu era ativo, verdadeiro ‘polícia’, e chegou um tempo que chegou uma exaustão, já estava me sentindo mal psicologicamente, e olha que na polícia civil o ritmo é devagar quando parando, não tem nem comparação com a guerra que os pms tem que combater constantemente, e fui sincero com a instituição e com a minha família, a instituição cagou e andou p mim, foquei nos estudos e obtive êxito no concurso p Procurador, graças a Deus. Eu teria vergonha de receber um ótimo salário para carregar papel ou ficar tomando café dentro delegacia pois não prestaria para ser policial mas infelizmente tem sujeito, que vê a polícia como um cargo comum p só ganhar a estabilidade e fica até a morte, rapaz, se vc não está bem, procure outra coisa, ou fatalidades como essa vai ocorrer, onde que já se viu CHEGAR ATIRANDO, o mike ficou louco?

  • Pensador | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h14
    4
    0

    Imprensa marrom? Tiroteio Fake? Parece incrível que invariavelmente, a Polícia Militar atira primeiro, e a imprensa, já acostumada com o jargão "troca de tiros" até mesmo onde ocorreu apenas um disparo, trata o caso como "tiroteio". Meus sentimentos à família da vítima. Qualquer um pode ser o próximo, ainda que não seja bandido.

  • SERVIDORES | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h12
    5
    5

    TEM QUE ACABAR CPM ESSE TAL DE P2....INVESTIGAÇÃO E DA COMPETÊNCIA DA POLÍCIA JUDICIÁRIA CÍVIL....P2 TODOS SABEM QUE É PARA FISCALIZAR POLICIAL MILITAR....

  • Waldir | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h10
    8
    0

    Policial Militar abordando pessoas a paisana? "Serviço ostensivo fardado", oque significa? Alguém tem que tomar providências, Amarelinhos perseguindo veículos, policial penal abordando pessoas, policial militar abordando pessoas sem estar fardado, agentes do detran em britz, policial civil praticamente fardado, está tudo mudado.

  • luis | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h07
    8
    1

    Só posso comentar os seguintes fatos : 1º) A FALTA DE COMUNICAÇÃO e ENTROSAMENTO da polícia. 2º) EGO exacerbado de servidores públicos que por serem policiais se sentem superiores querem seus dois segundos de fama. 3º) Delegados se sentem Deuses devido aos cargos, esquecendo que não fazem nada mais do que a obrigação, e as vezes excedem com os populares honestos e amofinam com os bandidos. Na verdade, há uma inversão de valores. Delegados nada mais são do que garis sociais.

  • Cléverson | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h04
    1
    0

    1. Atire 2. Pergunte. Essa e a metodologia?

  • Cléverson | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h03
    10
    2

    1. Atire 2. Pergunte. Essa e a metodologia?

  • juliano | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h01
    6
    0

    Isso justifica a pesquisa feita sobre a confiança da população na polícia militar! Infelizmente colocam armas nas mãos de pessoas incompetentes, sem preparo principalmente psicológico, se não fosse outro PM Oq será q iam colocar na ocorrencia?

  • Comandante Lassar | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h48
    5
    1

    O que aconteceu com o antigo jargão "Parado! Polícia! Mãos pra cima!" ??? Infelizmente muitos de nossos PMs das fitas "Tropas de Elite" tem essa sana de "Capitão Nascimento" e não vêem a hora de poder "sentar o dedo nessa Phorr..." 🔥 amigo é terrível. Agora venhamos e convenhamos. A PM é uma polícia ostensiva e preventiva. Por isso usam farda. A PC que é a polícia reservada e investigativa. Por isso usam paisana. O serviço reservado da PM, a tal da "P2", usurpa a função incumbida exclusivamente a PC. Que o Estado indenize os entes. Condolências a família enlutada.

  • Policial Penal | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h37
    32
    1

    Tem que excluir esse PM, atira e depois pergunta nao faz uma verbalização, lamentável perder um irmão de farda um pai de família.

  • Maria | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h28
    27
    1

    Incompetência total ,e agora como fica essa família sem um pai de familia ? Esse que atirou tem que sair do cargo porque quantas pessoas inocentes com essa incompetência dele esta arriscado a morrer?

  • Carlos | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h22
    33
    6

    "P2" não tem competência para investigar crimes comuns, apenas crimes militares. Falta alguém tomar alguma providência contra "coroné" que se acha legislador e cria atribuição. tenho muita dúvida se a FT verbalizou, até penso que não, ele teria se identificado. Agora seus chefes vão dizer que ele atuava por conta própria, como sempre vemos.

  • Dunha | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h21
    25
    2

    Eh nessas horas q vejo q o "Capitão Nascimento" (do filme mesmo) está certo. Pq esse policial deve viver no cinema pra achar q vale a pena chegar atirando sem um mínimo de consciência do q está acontecendo! Depois dizem q são os juízes q não vivem nesse planeta!

  • Pqp | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h19
    31
    2

    N sei oque vcs tem na cabeça. Nunca vi um povo tão ruim de serviço igual vcs. Se o próprio militar deu entrevista à vcs e falou o acontecido. Como que vcs colocam que ouve troca de tiros??? Sinceramente quem escreveu essa reportagem tá na profissão errada.

  • Júnior | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h14
    20
    0

    Despreparo total Punição severa governador

  • Sacripanta | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h13
    26
    2

    Desinteligencia e afobação (pilhoso) atirar so por atirar isso qualquer um faz , para isso os integrantes da Pm sao treinados a exaustão, porém sempre tem um (pilha) que põe a operação a perder . Ao guerreiro que perdeu a vida resta a terra . Ao atirador precoce cabe uma medalha de tampa de bueiro e posteriormente acompanhamento psicológico posto que tirou a vida de um outro irmao da gloriosa PM.

  • Japa | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h08
    27
    0

    Estes são os policiais bem treinados, atiram antes e perguntam depois. Não entendo esse sistema furado.

  • Paolo | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h06
    26
    18

    PM fazendo investigação isso é competência da civil - usurpação de função.

  • Bird | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h04
    25
    2

    Cambada de burros agora esperamos que todos sejam expulsos desta força burra deles

  • CORONA | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 07h58
    47
    5

    Incompetência MATA. Policial morto por policial. E olha que quem morre sempre é preto e pobre da periferia. Força Tática incompetente. Tem que ser todos presos.

  • Dall'agnol | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 07h58
    60
    1

    Despreparo total do militar, que fique de lição aos outros que chegam atirando antes de averiguar a situação. triste mais um amigo se foi com a mesma situação.

  • Raimundo | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 07h57
    51
    4

    Deveras estranho, atirou a esmo? Isso que dizem ser elite. Elite do que?

  • Marcos | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 07h44
    52
    2

    Primeiro atira e depois pergunta quem é.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS