13 de Agosto de 2020,

Artigos

Polícia

A | A

Domingo, 05 de Julho de 2020, 17h:55 | Atualizado:

VIDA BANDIDA

Irmão de ex-deputado é preso com R$ 53 milhões em drogas em MT


Da Redação

pastabase (1).jpg

 

Um dos presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com um carregamento de 425 quilos de pasta-base de cocaína é um velho conhecido das manchetes policiais há pelo menos três décadas. Trata-se do ex-presidiário Abdiel Pinto Rabelo, de 66 anos, irmão do ex-deputado federal Jabes Rabelo, de Rondônia. 

Em 2004, Abdiel que era membro de uma das mais ricas famílias de Rondônia, estava preso por tráfico de drogas numa penitenciária de Mirandópolis, interior de São Paulo e ainda assim, dava ordens por telefone aos comparsas em liberdade, no caso do sequestro de um boliviano. A vítima ficou em cativeiro por seis meses como garantia de entrega da droga, conforme consta em reportagem da Folha de S. Paulo publicada em 14 de maio de 2004.

Agora, o flagrante também envolvendo tráfico de entorpecentes foi registrado na BR-163, em Nova Mutum (264 km de Cuiabá) na madrugada deste domingo (5) e a droga está avaliada em cerca de R$ 53 milhões. 

Abdiel Rabelo conduzia uma Chevrolet S10, com placa de Belo Horizonte (MG), e desempenhava a função de batedor. A droga estava em outro veículo, uma Toyota Hilux, com placa de Uberlândia (MG), conduzida por um homem de 30 anos que não teve o nome divulgado.  Em ambos veículos foram encontrados rádios transmissores para comunicação durante o trajeto.

Ao ser questionado, o condutor da caminhonete com a droga disse que a levaria de Campo Novo do Parecis (MT) para Uberlândia e que receberia certa quantia em dinheiro para realizar o transporte. Abdiel ficou em silêncio.

Extensa ficha policial e fugas

Conforme publicação do Jornal do Brasil em 11 de julho de 1991, "Abdiel, com várias passagens pela polícia, uma delas por tráfico, mas de pequena monta, era transportador do Cartel de Cáli, a segunda maior organização mundial do tráfico, depois do Cartel de Medellin". Naquela época, ele foi preso transportando 554 quilos de cocaína pura juntamente com comparsas. A Polícia Federal, disse à ocasião, que era a maior apreensão de cocaína até então ocorrida no Brasil.

Em 2004, a Folha revelou que a carreira penitenciária de Abdiel começou em julho de 1991, quando ele e um de seus irmãos, foram flagrados em um posto da rodovia dos Bandeirantes, em São Paulo com 554 kg de cocaína.

Naquela ocasião, Abdiel carregava uma carteira de assessor parlamentar que lhe dava acesso livre às instalações do Congresso, o que resultou na cassação do mandato do irmão, Jabes Rabelo, que era deputado federal. Ele foi acusado de envolvimento na falsificação da carteirinha usada pelo irmão traficante.

Depois disso, Abdiel protagonizou duas fugas espetaculares. Uma delas em julho de 2003 ao ser resgatado de um consultório dentário de São Paulo por homens com metralhadoras e granadas. Foi recapturado, mas voltou a fugir em 2001 juntamente com outros três presos, serrando as grades de uma cela da Polícia Federal em Porto Velho (RO).

 

Galeria de Fotos



Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Edson | Domingo, 05 de Julho de 2020, 18h57
    2
    0

    TUDO ISSO IA PRÓS MINERINHOS. ALGUMAS PASSOAS LA GOSTAM MUITO DISSO AI

  • Marcinho | Domingo, 05 de Julho de 2020, 18h39
    4
    0

    Esse sim é Bandido.....não é igual esses ladrãozinho de celulares.. kkkkk

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS