29 de Março de 2020,

Polícia

A | A

Segunda-Feira, 03 de Novembro de 2014, 18h:33 | Atualizado:

Polícia fecha de casa de prostituição São Félix do Araguaia

Oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos, na manhã desta segunda-feira (03.11), em uma operação conjunta da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, no distrito de Espigão do Leste, em São Félix do Araguaia (1.200 km a Nordeste). A operação, denominada Horizonte Azul, da Delegacia de São Félix do Araguaia e Delegacia Regional de Confresa (1.160 km a Nordeste), resultou na prisão de 3 pessoas em flagrante e na apreensão de drogas e carteiras de cigarro contrabandeadas.

A operação foi desencadeada com objetivo de coibir o uso e o comércio ilegal de entorpecentes e o alto nível de prostituição no distrito de Espigão do Leste. De acordo com o delegado, Valmon Pereira da Silva, que coordenou a ação, os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Poder Judiciário, após solicitação da Polícia Civil, feita com base no serviço de investigação e inteligência desenvolvido pela Delegacia de São Félix do Araguaia.

Oito estabelecimentos foram alvo do cumprimento dos mandados, resultando na prisão de 3 pessoas em flagrante, condução de 8 pessoas para prestar esclarecimento na delegacia e apreensão de 320 carteiras de cigarro, sem comprovação fiscal, aproximadamente 50 gramas de maconha, 05 gramas de crack, uma motocicleta, aproximadamente R$ 360, além de diversos produtos sem procedência.

Na ação, Ataxerxes Misael Barbosa foi preso por tráfico de drogas e corrupção de menores, Maria de Fátima Bispo foi presa em flagrante por descaminho e Luzia Lima por manter casa de prostituição. Quatro mulheres e seus acompanhantes possíveis usuários de drogas, que alugavam os quartos no estabelecimento da acusada Luzia, para prostituição, foram conduzidas á Delegacia para prestar esclarecimentos.

Segundo Valmon, Ataxerxer já havia sido preso anteriormente, no mês de julho, em São Félix do Araguaia, por tráfico de drogas e continuava sendo investigado pelos policiais. “Havia fortes indícios e denúncias de que ele continuava agindo com o comércio ilegal de drogas, em Confresa e Espigão do Leste”, disse o delegado.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS