25 de Junho de 2019,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 12h:25 | Atualizado:

GARANHÃO

Professor de Direito é investigado por pedir fotos nuas de alunas solteiras e casadas em MT

Defensor público é ainda acusado de pedir carona

assediowhatsapp.jpg

 

Um professor foi afastado da Faculdade La Salle, de Direito, em Lucas do Rio Verde (350 km de Cuiabá), onde dava aulas de Direito, sob acusação de assediar sexualmente duas alunas. O professor também é defensor público no Estado.

Elas oficializaram a denúncia aos responsáveis pela instituição que optaram por afastar o acusado G.T.D.P. enquanto investigam o caso.  As alunas relataram que o assédio começou através de mensagens enviadas pelo professor nos aplicativos de mensagem de celular.

Conforme informações, ele obteve os números das universitárias em grupo de WhatsApp e passou e pedir fotos sem roupas. As mensagens enviadas por ele foram mostradas para os responsáveis pela faculdade como provas do assédio.

As denunciantes disseram que ele enviava mensagens para alunas solteiras e também casadas. Ele inclusive, alegava que o carro estava quebrado e pedia carona para alunas com objetivo de assediá-las.

A Faculdade La Salle informou que os fatos estão sendo apurados e destacou que não compactua com essa situação.

 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Mario Ferreira da Silva | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 19h16
    5
    1

    Tem um professor no Curso noturno de Engenharia de produção da UNIC Barão que usa da estratégia de dar notas baixas para alunas bonitas para depois ensina-las o que tem que fazer para tirar boas notas.

  • trabalhador | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 14h00
    6
    3

    que mundo nos estamos ,deveriamos pensar melhor nesta modernidade com achegada dela a impressão que se da que ser humano perdeu a vergonha o bom senso .

  • Vanderleia Popozuda | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 13h39
    13
    2

    AS MINAS NÃO ESTUDAM E QUEREM PASSAR DE SEMESTRE. ELAS PASSAM , PORÉM , SÓ DEPOIS DE UM "BOLA GATO". EU ESTUDEI MUITO NA FACULDADE.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS