10 de Agosto de 2020,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 15h:48 | Atualizado:

NÃO É SÓ NOS EUA

Seduc afasta e investiga diretora que fez sexo com aluno em Cuiabá

Magda Lucia Rodrigues Santos é acusada de promover festas regadas a bebidas alcoólicas


Da Redação

alcebiades-calhao-magda.jpg

 

A Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso afastou a professora Magda Lucia Rodrigues Santos, 45, após ela ser detida por abusar sexualmente de um aluno menor da Escola Alcebiades Calhao, localizada no bairro Quilombo, em Cuiabá. Ela ainda responderá a um Procedimento Administrativo Disciplinar já instaurado pela Seduc.

Caso seja comprovado seu envolvimento com o aluno, ela pode, inclusive, ser demitida do serviço público. A diretora teve a prisão temporária cumprida pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), nesta quinta-feira (01).

Além do abuso contra o adolescente, a professora é acusada de promover festas e fornecer bebida alcoólica aos outros alunos. Caso seja comprovado o crime, Magda deve responder pelos crimes de estupro de vulnerável e de fornecer bebida alcoólica a menor de idade.

A denúncia que foi feita de forma anônima ainda revelou a Polícia Civil que a diretora permitia que um dos jovens dirigisse seu carro. A prisão temporária tem cumprimento de 30 dias, mas pode ser revertida conforme a investigação do caso.

 



Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • Kesso | Terça-Feira, 06 de Fevereiro de 2018, 09h15
    1
    0

    X9 só pode ser queima-rosca mesmo...kkk

  • Said Joseph | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 19h21
    5
    6

    a SEDUC não tem coisa mais importante para fazer? Quanto falso moralismo, quanta hipocrisia! O que essa professora fez, foi puro divertimento. Era apenas uma trepadinha básica, nada mais.

  • Tiago peteck anjo | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 09h37
    5
    2

    Eita me convidou não fui nesta festa são muito mim coração não alguenta 🙂mas conheço diretora pessoalmente boa gente boa vamos ver onde vai isso?

  • lula | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 09h17
    9
    3

    se pode destribuir o kit gay nas escolas, porque nao aulas praticas?

  • Fatos | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 08h50
    5
    2

    Seduc vai se preocupar com às crianças de 06 ao 09 anos que não saber ler e fazer matemática básica. Muitos desses alunos terão dificuldades de progredir na vida porque tiveram uma péssima alfabetização. Nao são todos, mas muitos estão com dificuldades de leitura , escrita e matemática.

  • fpg | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 06h57
    6
    2

    Na minha época não era tia e sim professora, e a unica coisa que elas davam era reguada na mão.

  • Maria | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 04h57
    5
    3

    Veja como são as coisas, nem ser feliz ninguém pode ser mais, tem que perguntar se ele está arrependido de ter sentido prazer e ela também, povo tá é com inveja que atia pegou um novinho porque os velhos não levanta porra nenhuma. Kkkkkk

  • Don L | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 02h46
    2
    6

    Esta errada mais ja que passou , o nosso papel nao é julgar o aluno se deu bem levou uma aula como virar putão e ta tudo certo estamos no brasil nao é de se admirar isso vou até matricular nessa escola !

  • Cascamole | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 01h41
    5
    5

    A mulher azia foi terra na gurizada, a gurizada tá sem saber o que é melhor, ser hetero, homo ou bi, metia cachaça neles, estão viciados em alcool. Tem mulher que abandona recem nascido, pratica assalto e estupro, a igualdade está aí, todos são iguais perante o ponto de ônibus. Cada vez que ela saia com o adolescente ele passava no supermercado para comprar parafuso...

  • Pedro | Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 00h00
    25
    7

    Eu queria encontrar uma professora dessa. Ia estudar com maior prazer. Nao ia faltar nenhuma aula dela. Sera que ela da aula particular?

  • Omega Rugal | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 19h15
    14
    20

    Nossa,, a escola devia ser uma zona....

  • Henrique Lopes | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 19h08
    64
    8

    Bando de hipócritas, com 15 anos já tem um monte de menina grávida e os meninos já transaram a maioria. Tanta coisa pior que esses corruptos fazem e querem crucificar a mulher por causa de uma transa. Medíocres!!!

  • justiça | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 18h49
    11
    12

    Sra Luciana Arruda vc não sabe o que passou no caso da Guadalupe então não fique difamando filha dos outros, o caso foi de polícia e de pedofilia, a menor nunca falou que ela assediava o padre, muito pelo contrário. Antes de comentar algo procure saber a realidade.

  • Jisticeiro | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 18h40
    44
    6

    Quando ela sair, eu vou e matricular nesse colégio, vai lá saber que eu tenha essa sorte tb.

  • mauricil | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 18h35
    27
    18

    essa Pessoa aí, ficou com o dinheiro da festa que os alunos da escola promoveu para arrecadar para a formatura, fui várias vezes para conversar com ela e nunca a encontrei la na escola, agora veio a punição Divina.Merecedora de tudo isso ai, ainda irei na Seduc para abrir uma denuncia.

  • ixxpertinho | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 17h40
    5
    2

    AEHOOOO

  • Luciana Arruda | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 17h20
    57
    7

    Vamos devagar com isso,nem sempre é fruto da verdade, essas questões de sedução são complexas, lembra do padre da igreja Guadalupe,a moça depois falou que ela é que ficava seduzindo o padre...

  • Pensador | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 17h06
    77
    5

    Na minha epoca; não tinha dessa!!! Que pena......

  • DITO | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 17h04
    67
    4

    ELA DÁ AULA DE REFORÇO EM CASA?

  • Zeze | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 16h55
    56
    2

    Eh gurizada,de sorte no meu tempo não existia isso.

  • Bruno | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 16h54
    43
    3

    Não tem outra foto da diretora. Mais ampla

  • Rafael | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 16h45
    78
    10

    Ela não roubou e não matou. Jovem de 15 anos já sabe o que faz e. Deve ser responsável pelos seus atos. Quando pessoas dessa idade cometem ato infracional eles são tratados como maricas agora que tem atitude de homem vocês ficam com esse blabalabla? Ela deve estar doente ou apaixonada. Merece segunda chance.

  • aroldofarias | Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2018, 16h29
    80
    7

    que notícia boi de piranha... para afastar a roubalheira dos paladinos da moral no nosso Estado . Pobre moça!!! la mesmo na seduc tem grandalhões como MALUF que roubou muito mais que a inocência de um garoto nada inocente... e está por ai belo e formoso !!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS